VÍDEO: veja como agir nas seções de votação evitando os riscos da pandemia

Orientações de funcionários da Justiça Eleitoral viralizam à véspera da ida às urnas, no domingo

Redação integrada de O Liberal

Um vídeo de funcionários da Justiça Eleitoral viralizou nas redes essa sexta-feira (13), dando boas dicas de como o eleitor deve se cuidar - e quais os protocolos devem ser seguidos nos locais de votação, para uma ida às urnas sem os riscos do coronavírus. Veja:

LEIA MAIS:
- Escolas da rede estadual e municipal passam por desinfecção para votação

O passo-a-passo dá dicas básicas, como a necessidade de portar caneta própria, e também orienta como o eleitor pode se movimentar dentro das seções, respeitando o distanciamento, bem como sobre a melhor maneira de apresentar documentação nos locais de votação - sem contato físico. 

O primeiro turno das eleições ocorre neste domingo (15) e o voto é obrigatório no Brasil, apesar da pandemia de covid-19. Apenas em algumas situações a justificativa junto à Justiça Eleitoral é aceita. 

Veja como votar com proteção


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) montou um plano de segurança sanitária para as Eleições Municipais 2020. O objetivo é evitar a propagação do novo coronavírus durante a votação. Confira as regras básicas:

- Procure já sair de casa com a máscara;
- Sem a proteção individual da máscara sobre a boca e o nariz,não será permitido o acesso aos locais de votação;
- O eleitor deve levar a sua própria caneta;
- Para evitar aglomerações, o horário de votação foi ampliado: será das 7h às 17h;
- Os eleitores com mais de 60 anos devem votar, preferencialmente, de 7h às 10h, e terão também uma fila exclusiva;
- Deve se manter a distância mínima de um metro entre as pessoas;
- O eleitor não deve levar crianças e acompanhantes;
- Antes de entrar e ao sair da seção, é preciso usar álcool em gel;
- Durante todo o tempo em que estiver na seção, não leve as mãos ao rosto;
- Outra mudança adotada devido à pandemia: nessa eleição haverá uso da biometria.

Título de eleitor no celular


A Justiça Eleitoral também disponibiliza esse ano um aplicativo para celulares, o e-Título, que facilita a ida às urnas na pandemia.

O aplicativo móvel permite para obtenção da via digital do título de eleitor, o que dá acesso rápido às informações do eleitor, cadastradas na Justiça Eleitoral. São dados como zona eleitoral, situação cadastral, além da certidão de quitação eleitoral e da certidão de crimes eleitorais. 

Em 2020, o aplicativo e-Título passou a dar acesso apenas com o número do CPF, sem que se precise lembrar o número do título de eleitor. Outra novidade permitiu que os eleitores se cadastrassem como mesários voluntários. E o app se tornou acessível para pessoas com deficiência visual.

O app pode ser baixado para smartphone ou tablet, nas plataformas iOS ou Android. Após baixá-lo, basta inserir os dados pessoais.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ