Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Varíola dos macacos: Prefeitura de Paragominas confirma primeiro caso suspeito da doença

Atualmente, a Sespa já identificou um caso confirmado de Monkeypox no Pará e investiga outros dois suspeitos; veja em quais municípios

O Liberal

A Prefeitura de Paragominas, no sudeste do Pará, confirmou, nesta quarta-feira (3), que investiga um caso suspeito de varíola dos macacos no município. Não foram informados sexo, idade, sintomas apresentados ou se o paciente tem histórico de viagens. Esse é o primeiro caso suspeito da doença identificado na cidade.

VEJA MAIS

Varíola dos macacos: Bragança registra caso suspeito, afirma prefeitura
Procurada pelo Grupo Liberal, a Sespa ainda não confirmou a notificação e informou que está apurando o caso

Varíola dos macacos: Pará segue analisando casos em Parauapebas e Santarém
Na manhã desta quarta-feira (3), a Sespa informou que por enquanto, não há novos casos e nem confirmação para os pacientes em isolamento

Varíola dos Macacos: Belém tem primeiro caso confirmado do Pará
Informação foi confirmada pela Sespa. Paciente esteve no sudeste do Brasil e foi atendido numa UPA de Ananindeua

O caso está sendo investigado pelo setor de Vigilância em Saúde e Epidemiológica Municipal. A amostra foi encaminhada ao Laboratório Central do Pará (Lacen/PA) para análise.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sems) reforça a manutenção das medidas preventivas como o uso de máscaras, higienização das mãos e o distanciamento social, bem como em casos suspeitos procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

VEJA MAIS

Varíola dos macacos: Sespa diz que ainda não há transmissão comunitária no Pará
Até agora, Pará tem um caso confirmado (em Belém) e dois suspeitos (um em Parauapebas e outro em Santarém)

Varíola dos macacos: Sespa diz que espera vacina do Ministério da Saúde
Por enquanto, a secretaria descarta obrigatoriedade do uso de máscara

Varíola dos macacos: saiba quais são os principais cuidados para tratar as lesões na pele
A cirurgiã dermatológica Iris Diógenes afirma que não é recomendável usar pomadas nas feridas causadas pela infeccção da doença

A nossa reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) para confirmar se o caso já foi notificado ao Estado e aguarda posicionamento

Pará tem um caso confirmado e dois suspeitos

Atualmente, a Sespa identificou um caso confirmado de Monkeypox no Pará, em Belém, e investiga outros dois casos suspeitos, em Santarém e Parauapebas. Na noite desta quarta-feira (3), a Prefeitura de Bragança confirmou que foi notificada sobre um caso suspeito, mas a Sespa disse que ainda não foi notificada.

 
Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ