Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tubarão encontrado em São João de Pirabas teve as vísceras retiradas por pescadores

Carne foi distribuída na comunidade da ilha da Fortaleza para alimentar outros animais, disseram os pescadores

O Liberal

Pescadores que encontraram um tubarão na ilha da Fortaleza, em São João de Pirabas, no nordeste paraense, afirmam que o animal é da espécie tubarão-branco, pesava cerca de 100 kg e teve as vísceras retiradas para o alimento de outros animais na comunidade.

Os pescadores disseram, ainda, que não é comum aparecer tubarões na região, mas eles costumam avistar a espécie quando estão em alto mar.

VEJA MAIS

Pescadores encontram tubarão em praia de São João de Pirabas; vídeo
O animal, da espécie Cação Sucuri, foi levado em uma embarcação até um porto da cidade e chamou atenção de curiosos; não há informações sobre o destino dado ao peixe

Prefeitura se manifesta sobre o caso

Procurada, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São João de Pirabas (Semma) informou que só soube do ocorrido por vídeos que circularam nas mídias digitais na tarde desta terça-feira (31).

O órgão municipal informou ainda que soube pelas pessoas que estavam no local que o tubarão foi desembarcado, e "o pescador que o encontrou doou a carne do animal, distribuindo entre os moradores locais", informou a Semma.

A secretaria inclusive assume o compromisso, na nota, de promover ações de educação ambiental para outros tratamentos a animais, em casos semelhantes. "A Semma se compromete a tomar as medidas cabíveis e trabalhar arduamente na Educação Ambiental dos pescadores artesanais do município, instruindo sobre os crimes ambientais. Assim caso o fato ocorra novamente, o que é natural em águas oceânicas, os pescadores estarão preparados para agir da maneira correta", conclui a nota do órgão municipal.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ