Sefa apreende mais de 6 mil garrafas de vodca e cachaça sem nota fiscal em Carajás

A carga foi avaliada em R$ 323.168,00

O Liberal
fonte

Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) apreenderam neste sábado (3) uma carga com 6.376 caixas de vodca e cachaça que estava sem nota fiscal. O veículo foi abordado na BR-230, em Carajás, na fronteira com o estado do Tocantins.  A carga foi avaliada em R$ 323.168,00.

VEJA MAIS

image Sefa apreende 30 m³ de madeira serrada em Cachoeira do Piriá
O veículo saiu da Vila Mãe do Rio, no Pará, com destino a São Fernando no estado do Rio Grande do Norte

image Fiscais da Sefa apreendem mais de 8 mil caixas de bebida em São João do Araguaia (PA)
A mercadoria foi avaliada em R$ 334.953

image Sefa apreende 63 mil garrafas de refrigerantes por ‘quebra de trânsito’ em Óbidos (PA)
A mercadoria está avaliada em mais de R$ 223 mil reais

O veículo saiu de Pirassununga, São Paulo, e tinha como destino Roraima. No entanto, foi retido no posto fiscal de Jarbas Passarinho, unidade de Carajás, à altura do quilômetro 120 da rodovia Transamazônica, a 130 quilômetros de Marabá. 

"Após o início da fiscalização verificamos as informações sobre veículo e nota fiscal no sistema da Sefa. Os servidores descobriram que a empresa em Roraima estava suspensa, ou seja, não poderia receber mercadorias, e o real destino seria Belém. Estavam tentando burlar o pagamento do imposto antecipado sobre a bebida quente, como é chamada a bebida não fermentada. Com isso a nota foi considerada inidônea e lavrado o Termo de Apreensão e Depósito (TAD) no valor de R$ 201.026,01, referente ao ICMS e multa fiscal", informou o coordenador da unidade de Carajás, Gustavo Bozola. 

A mercadoria segue apreendida à espera do recolhimento do imposto. 

Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ