Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Policlínica de Capanema abre atendimentos para mais de 30 especialidades médicas

Inaugurada esta semana, estrutura também tem serviços de hemodiálise

O Liberal

O governo do Pará abriu na última quarta-feira (15) os atendimentos da nova Policlínica de Capanema, no nordeste do Pará. A unidade terá mais de 30 especialidades e oferecerá atenção em saúde a moradores não apenas da cidade, mas de todos os 16 municípios da Região de Saúde do Rio Caetés – e com destaque para o atendimento local em hemodiálise, voltado a essas populações.

Construída em uma área com 2,4 mil metros quadrados, distribuídos em dois pavimentos, a Policlínica Francisco de Freitas Filho oferece exames clínicos e laboratoriais, fisioterapia e terapia renal substitutiva-hemodiálise (TRS): são 22 poltronas para diálise no hospital da unidade, além de oito consultórios. Um deles é destinado para exames de endoscopia e reabilitação. A nova policlínica tem também serviços de terapia ocupacional e fonoaudiologia.

A estrutura vai reforçar o atendimento que já é prestado pelo Hospital Regional de Cametá. Assim, a região passa a contar com 110 leitos disponíveis para atendimento -  dobrando a capacidade atual. Entre os municípios beneficiados com os serviços da nova policlínica estão Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Nova Timboteua, Ourém, Peixe-Boi, Primavera, Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, Tracuateua e Viseu, além do próprio município de Capanema.

“É uma ampliação da oferta no serviço da saúde, para salvar vidas e cuidar das pessoas. O impacto na saúde pública na Região dos Caetés é de ofertas de leitos e serviços, e de celeridade no atendimento”, comentou o governador Helder Barbalho durante a inauguração da unidade no município de Capanema.

 

Serviços especializados

“Sou grata pelo novo hospital. Vai ajudar não só eu e minha família, mas todos de Capanema e dessa região”, diz dona Ivone Cunha. Moradora de Capanema, dona Ivone antes precisava se deslocar a outros municípios como Belém, Castanhal e Paragominas para ter atendimento médico em algumas especialidades.

A abertura da nova Policlínica de Capanema ajuda também a avançar a descentralização do atendimento de hemodiálise no Pará, evitando necessidade de deslocamentos de muitos pacientes que precisam passar pelo procedimento, várias vezes por semana. É o caso do aposentado Juraci Rodrigues da Silva, de 78 anos, cujo filho que precisa desse atendimento especializado. Antes, ele e o filho precisavam se deslocar à capital para fazer o procedimento.

“Ter um espaço para o meu filho fazer hemodiálise é ótimo. Só o fato de diminuir o tempo de viagem já é muito bom. Ele vai poder dormir em casa e terminando pode voltar também. Vai ser bom não só pra ele, mas para todos”.

A redução de custos para famílias e a possibilidade de estarem mais próximos seus familiares é um ganho muito importante, avalia o diretor do complexo hospitalar, Marcelo Costa. “Moradores precisavam viajar a outras localidades para conseguir atenção especializada agora podem concentrar todos os atendimentos aqui”, reiterou Costa, ressaltando o aumento da capacidade operacional da saúde na região, com aumento no número de leitos e consultas médicas em Capanema.

Além da inauguração da Policlínica do município, a região também contou essa semana com a abertura de 50 novos leitos clínicos e de 8 leitos de UTI, no Hospital Regional de Capanema. “Estamos melhorando a prestação de saúde com a descentralização de serviços para esses 16 municípios da região”, enfatizou o secretário de saúde do Estado, Rômulo Rodovalho.

Até o final deste ano, ressalta Rodovalho, está prevista ainda a implantação do Núcleo de Atendimento para o Transtorno do Espectro Autista (Natea) em Capanema. A unidade permitirá atendimentos e exames a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde.

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ