Pessoas em situação de rua serão abrigadas em ginásio em Castanhal

O espaço receberá pequenas adaptações para garantir a atenção a aproximadamente 170 indivíduos

Redação Integrada

Para conter a evolução da pandemia de coronavírus, a Prefeitura de Castanhal fará o remanejamento de pessoas em situação de rua, acolhendo este público no Ginásio Loiola Passarinho. O espaço receberá pequenas adaptações para garantir a atenção a aproximadamente 170 indivíduos.

A Política de Assistência Social conduzirá este atendimento em parceria com as secretarias integradas e demais órgãos municipais. De acordo com a Prefeitura, o Plano de Atendimento Emergencial a Pessoas em Situação de Rua de Castanhal garante a execução da recomendação dos governos federal e estadual, assim como da Defensoria Pública da União e órgãos de defesa dos Direitos Humanos.

A ação busca garantir a proteção com acolhimento, condições de higiene, e alimentos das pessoas pelo período de, no mínimo, 60 dias. Essas pessoas são atendidas pelo Serviço de Abordagem Social do município.

“Vamos tentar organizar as pessoas de forma que as reguarde ao máximo”, disse a secretária de Assistência Social, Elyrose Abreu. “São pessoas que não tem acesso a informações. Então precisamos que eles aceitem. Nesta quarta-feira (25) começaremos o trabalho de abordagem à população de rua, para fazer o trabalho de conscientização de que precisam do isolamento para reduzir as chances de contrair o coronavírus, e que precisam reforçar no autocuidado”.

As secretarias de Educação (Semed), Cultura (Secult), Assistência Social (Semas), Guarda Municipal, Gabinete e Defesa Civil vão compor a ação com recursos humanos, equipamentos e materiais para organizar toda uma logística diária neste período.

Apoio local

O prefeito Pedro Coelho, em reunião com grandes empresários do ramo de supermercados e atacarejos, chamou atenção ao Decreto 024/2020. Na oportunidade, a Semas pediu apoio na doação de alimentos, colchões, materiais de higiene pessoal e limpeza, principalmente. Os presentes se mostraram receptivos à causa, mas a ajuda pode vir também da população.

Quem quiser ajudar, pode entregar os donativos nas sedes das secretarias envolvidas.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ