Paraenses precisam manter prevenção: ainda não há vacina, diz Sespa

Diretor de Vigilância em Saúde avaliou cenário da pandemia em entrevista cedida à rádio Liberal FM

Redação integrada de O Liberal

Apesar do novo momento da pandemia, os paraenses precisam seguir firme na proteção contra o coronavírus, mantendo medidas como o distanciamento e o isolamento, sempre que possível, a lavagem das mãos e o uso constante de máscaras, disse nesta quarta (16) o diretor de Vigilância em Saúde da Sespa, em entrevista cedida pela manhã na rádio Liberal FM.

"Ainda temos o vírus em circulação. Não temos vacina ainda e o que temos são protocolos", reiterou Denilson Feitosa. 

A entrevista tratou do quadro atual da pandemia da covid-19 no Pará, das perspectivas de chegadas de vacinas contra o coronavírus, e do atual momento de flexibilização de protocolos em todo o Brasil.

No Pará, o retorno presencial às aulas passou a fazer parte da agenda ainda no início de setembro. As escolas particulares já retomaram as aulas presenciais parcialmente em Belém. As escolas municipais também iniciaram a retomada parccial na última segunda (14). As estaduais só retornam em outubro. A abertura dos bares em Belém também foi autorizada por decreto municipal editado esta terça (15).

A programação completa da Rádio Liberal FM pode ser acessada por aplicativo e também em tempo real, no portal O Liberal. Acompanhe.

Rádio Liberal FM pode ser acompanhada no portal (reprodução)
Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ