No Pará, 40% das pessoas ficaram em casa no sábado (25)

Entre as capitais, Belém ocupou o 17º lugar no ranking, com taxa de isolamento de 41,74%

Redação Integrada

O Pará ocupou a 22ª posição no ranking nacional de isolamento social, neste sábado (25), quando 40,22% das pessoas que vivem no Estado ficaram em casa, conforme dados divulgados neste domingo (26), pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac).

Entre as capitais, Belém ocupou o 17º lugar no ranking, com taxa de isolamento de 41,74%. Os bairros da capital paraense, incluindo os distritos, com as maiores taxas de pessoas em casa, atendendo a recomendação dos órgãos de saúde para evitar a proliferação do novo coronavírus, foram: Val-de-cães (52,4%), Telégrafo (51,7%) e Catanduba (51,4%). Já os piores foram: Curió-Utinga (9,6%), Itaitua (20%) e Água Boa (26,6%).

Já Ananindeua, na Região Metropolitana, registrou índice de isolamento social de 40%. As melhores taxas de isolamento social foram registradas nos bairros nos bairros Providência (48,1%), Águas Lindas (47,7%) e Aurá (47,6%). 

INTERIOR

Entre as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento foram registrados nos municípios de Chaves (60,3%), Nova Esperança do Piriá (56,3%) e Pau D'Arco (55,3%), enquanto Goianésia do Pará (29%), Cumaru do Norte (29,7%) e Colares (31,6%), foram as cidades que mais desobedeceram à recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento.  

"Apesar dos avanços registrados que envolvem a pandemia, como a estabilidade no número de novos casos e de mortes, ainda estamos vivendo uma pandemia e todos os cuidados devem permanecer sendo seguidos, a exemplo do uso de máscara", declarou o secretário de segurança pública e Defesa Social do Pará, Ualame Machado, chamando a atenção para a necessidade de se manter as medidas preventivas.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ