Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Menina escalpelada no Marajó será transferida para a Santa Casa, em Belém

A criança foi inicialmente atendida em Macapá, reagiu bem ao tratamento e receber doações

Fabyo Cruz

Tainá de Souza, de 9 anos, que sofreu escalpelamento em uma embarcação que navegava pelo Rio Jaburu dos Alegres, em Gurupá, na Ilha do Marajó, será transferida para a Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará a qualquer momento. O acidente ocorreu no último  domingo (9) e a criança foi internada no Hospital de Emergência de Macapá.

A menina reagiu positivamente ao tratamento e voltou a se alimentar e interagir com a família e outras crianças que também estão internadas na casa de saúde, informou Márcio de Souza, tio de Tainá. “Graças a Deus ela está reagindo bem, pois voltou a conversar, brincar e até comer. Os médicos contaram para a mãe dela que ficaram surpresos com o avanço da recuperação dela”, disse o familiar.

 

O tio da criança também informou que Tainá será transferida para a Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém. “A qualquer momento ela será transferida para Belém com apoio do Corpo de Bombeiros. A princípio vai a mãe dela e depois algumas tias”, contou Márcio. O parente de Tainá contou que muitas pessoas procuraram a família depois da divulgação das campanhas de doações de cabelo e recursos financeiros para o tratamento da menina.

 

“Graças a Deus as pessoas estão entrando em contato comigo e com a minha irmã para fazerem as doações de cabelo e dinheiro para o tratamento. Peço que continuem ajudando, pois a nossa família irá para a capital e precisa se manter durante o tratamento da Tainá”, diz Márcio. Entre as pessoas que entraram em contato com a família de Tainá estão os familiares da menina Ana Carolina Pantoja, de 11 anos.

 

A criança, que também reside em Gurupá, ficou compadecida com o caso de Tainá e disse para mãe que gostaria de doar parte dos seus longos cabelos, que até então nunca foram cortados. Um detalhe é que Ana Pantoja pretendia cortar apenas quando completasse seus 15 anos de idade, no entanto, o fato de poder ajudar o próximo falou mais alto.  

 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ