Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Esses ônibus de turismo vêm na farofa', diz vereadora sobre turistas em praia de Barcarena

Declaração da vereadora Sinara Vilaça durante sessão que aprovou projeto de autoria do prefeito Renato Ogawa causou polêmica

Daleth Oliveira

A Câmara de Vereadores de Barcarena aprovou em sessão, na última terça-feira (21), o projeto de lei (PL 009/22) de autoria da prefeitura municipal, definindo a cobrança de uma taxa para acesso de ônibus, vans e micro-ônibus de turismo às praias do município, entre elas, a do Caripi. O texto, enviado pelo prefeito Renato Ogawa, já foi sancionado e publicado no Diário Oficial do Município nesta sexta-feira (24).

VEJA MAIS

Barcarena terá cobrança para acesso de veículos de turismo nas praias
Projeto de Lei sancionado pelo prefeito Renato Ogawa é de autoria do próprio Executivo; taxa pode chegar a R$ 2 mil

Transmitida online nos canais do Legislativo, a sessão de votação repercutiu na cidade por conta de declarações dos vereadores sobre a proposta. “Vai trazer pra gente também a segurança de que vamos ter o acesso digno às nossas praias, poder ter a possibilidade de estar frequentando os nossos pontos turísticos e principalmente para o nosso comércio local. Porque a gente sabe que esses ônibus de turismo vêm na farofa, todo mundo traz aquelas coisas, o que já é perigoso, e a gente acaba não tendo o consumo no nosso comércio, para os nossos comerciantes. Isso traz uma dificuldade para gente”, discursou a parlamentar.

Nesta sexta-feira, após a sanção, o vereador Júnior Cravo (Republicanos) comentou a repercussão negativa da sessão e da proposta “Ficou parecendo que a Prefeitura vai cobrar taxa de banhistas, o que não é verdade. O projeto fala apenas de taxas de veículos de turismo, organizando o planejamento do acesso aos ônibus de turismo em Barcarena. Não vamos cobrar taxas de banhistas, daquele cidadão que chega na cidade com seu carro particular para curtir a praia com sua família.”, defendeu.

"A praia do Caripi é muito menor comparada a outras praias de Salinas e Mosqueiro. Antes não tínhamos controle dos ônibus que chegam na cidade. Imagina, às vezes tem até 200 ônibus, cada um com em média 50 pessoas na cidade, então a praia fica cheia, o estacionamento superlota e nossas barreiras barram os outros ônibus que estão querendo entrar na cidade. Agora, com o projeto de lei, vamos ter o controle de quantos ônibus podem entrar por dia, acabando com essa fila de espera e superlotação", destaca.

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ