Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em Bom Jesus do Tocantins

A situação de emergência foi reconhecida por conta de um incêndio florestal

Gabriel Pires

A Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência no município de Bom Jesus do Tocantins, localizado no sudeste paraense, por conta de um incêndio florestal. Além deste, outros 11 municípios brasileiros atingidos por desastres naturais também foram relacionados em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (22). 

Até o momento, não se tem maiores informações sobre as causas do incêndio ocorrido em Bom Jesus do Tocantins, nem mesmo detalhes sobre a data, a proporção da queimada e o local exato da ocorrência. A Redação Integrada de O Liberal solicitou nota à prefeitura de Bom Jesus e aguarda retorno.

No restante do Brasil 

Dos 12 municípios brasileiros listados pela Defesa Civil Nacional, sete passam por estiagem. São eles: Boa Viagem (Ceará), Taquaritinga do Norte (Pernambuco), Belém do Piauí (Piauí), Caraúbas, Monte das Gameleiras, Rodolfo Fernandes e São Tomé, este últimos quatro no Rio Grande do Norte.
 
Em situação oposta estão os municípios de Criciúma, Forquilhinha e Porto Belo, em Santa Catarina, e Pinheiro Machado, no Rio Grande do Sul, que sofrem com chuvas intensas.

Como solicitar recursos federais

Cidades em situação de emergência ou estado de calamidade pública reconhecido pela Defesa Civil Nacional estão aptas a solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para atendimento à população afetada.

As ações envolvem socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura destruída ou danificada. A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD), que pode ser acessada online.

Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com o valor a ser liberado.

(*Gabriel Pires, estagiário, sob a supervisão do coordenador do Núcleo de Atualidades, João Thiago Dias)

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ