Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Circulação de pessoas está proibida a partir de 22h desta quarta

As medidas foram apresentadas nesta terça-feira, pelos chefes do Executivo do Estado e dos municípios da Região Metropolitana de Belém

Redação Integrada

Nesta terça-feira (2), o governador do Pará, Helder Barbalho, e os prefeitos da Região Metropolitana de Belém realizaram uma coletiva de imprensa, transmitida ao vivo pelas redes sociais, onde explicam as medidas adotadas para conter a disseminação do novo coronavírus. A principal mudança é no bandeiramento de todos os municípios paraenses, que passa a ser vermelho. As medidas expostas valem por sete dias, a partir desta quarta-feira (3).

Confira o decreto publicado nesta quarta-feira

Desta forma, de acordo com o Decreto do governo, a circulação de pessoas nas ruas está proibida no período de 22 horas às 5 horas, com exceção de profissionais de saúde e segurança; caminhadas, carreatas, passeatas e qualquer evento que gere aglomeração acima de 10 pessoas estão proibidos; os esportes coletivos estão suspensos, sendo permitida a prática esportiva com, no máximo, 2 pessoas; os eventos privados podem ser realizados com, no máximo, 10 pessoas, sendo permitidas apresentações musicais com até 2 artistas; os restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos afins poderão funcionar com lotação máxima de 50% da capacidade e só podem ficar abertos até às 18 horas; as lojas de conveniência, supermercados, mercados e demais estabelecimentos não podem vender bebidas após às 18 horas.

Apesar da medida que suspende esportes coletivos, o Campeonato Paraense não será paralisado. No entanto, a medida de restringir totalmente a entrada de público segue mantida.

As aulas presenciais nas escolas estaduais também seguem suspensas. Nas escolas públicas municipais, a sugestão do governador é que as aulas presenciais também sigam suspensas. A medida não vale para as escolas particulares, que podem seguir com as aulas presenciais, seguindo os protocolos de segurança.

Novo lote de vacinas vai priorizar a Região Metropolitana de Belém

O governador Helder Barbalho informou que 67 mil doses da vacina Sinovac, enviada pelo Instituto Butantã e pelo Ministério da Saúde, devem chegar ao Pará na madrugada desta quarta-feira, 3. O novo lote será destinado à Região em Saúde Metropolitana de Belém 1, constituída pelos municípios de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara.

A remessa permitirá que seja montada uma estratégia de imunização para garantir que essa região, que representa o maior percentual de contágio do Estado e o maior nível de demandas por leito, possa ser priorizada de forma a construir uma barreira imunológica e evitar que outras regiões do estado sejam atingidas.

A partir da quinta-feira, 4, haverá um esforço coletivo das prefeituras inseridas na Região em Saúde 1 para que se avance nas etapas de vacinação de modo a alcançar os idosos na faixa etária de 70 anos. A previsão é que daqui a uma semana chegue ao Estado uma nova remessa de vacinas que serão destinadas a novas regiões do estado.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ