Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Chuvas fortes provocam interdição na BR-316 e alagamentos no nordeste estadual

Houve inundações em ruas e casas de Castanhal, Santa Maria, Capitão Poço e Ourém

Valéria Nascimento

O trânsito na BR-316 ficou parcialmente interditado, nos dois sentidos da via, no trecho entre Castanhal e Santa Maria, municípios do nordeste do estado, em razão do transbordo de um rio sob o leito da pista. Houve forte chuva desde a tarde de sexta-feira (20), que entrou pela noite e madrugada deste sábado (21). Um enorme volume d'água, o que também contribuiu para a elevação dos cursos fluviais na região.

Na rodovia BR-316, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o problema da interdição parcial começou ainda na noite de sexta-feira (20), por causa do alagamento da pista, e se estendeu até o final da manhã deste sábado (21). 

O transbordo e o consequente acúmulo de água na via, também foi provocado pelo aumento do volume de água com as chuvas da sexta-feira. Por toda a manhã deste sábado, apenas veículos grandes, como caminhões e carretas, conseguiam transpor a BR-316, no perímetro entre Castanhal e Santa Maria.

Um micro-ônibus com um grupo de passageiros enfrentou uma correnteza forte de rio em plena BR-316, entre os municípios citados. O grupo seguia de Benevides, na Grande Belém, para o município de Santarém Novo, também na região nordeste estadual. 

A rodovia BR-316, na altura do município de Castanhal, tem apresentado alagamentos por causa da pressão do volume de água em cursos d'água, este ano. Em março passado, moradores chegaram a fazer um protesto em virtude dos constantes alagamentos em áreas da cidade, sobretudo na BR, no trecho próximo do Canal Paulo Titan.

Capitão Poço e Ourém sofreram com inundações

Não foram somente os condutores e passageiros de carros e motocicletas que enfrentaram dor-de-cabeça por causa das chuvas nos últimos dias, na região do nordeste do estado. Nas redes sociais, nesta sexta-feira (20) e no sábado (21), circularam fotografias e vídeos diversos mostrando ruas e até imóveis inundados. Houve famílias obrigadas a deixar as casas por não terem a mínima condições de dormir entre esta sexta-feira e sábado.

A comunidade de Santa Luzia do Induá, em Capitão Poço, por exemplo, sofreu, praticamente, uma enchente com ruas inteiras submersas. Sobre Ourém, há vídeos que deixam claro os estragos provocados pelo temporal. Moradores gravaram vídeos exibindo as casas prejudicadas com as águas, que tomaram bairros do município.

Ainda em Ourém, o bairro Vila de Arraial do Caeté também ficou inundado, entre outras localidades, conforme mostraram as pessoas que tentaram passar pelo local, ainda na sexta-feira (20). 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ