Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cametá suspende festa de final de ano e Carnaval 2022 no município

O prefeito Victor Cassiano disse que a prioridade é a proteção da população contra a covid-19

O Liberal

O prefeito de Cametá, Victor Cassiano, confirmou a suspensão das festas de fim de ano e do Carnaval de 2022, no município, por causa da pandemia, que ainda persiste. Em pronunciamento à imprensa da região do Baixo Tocantins, nesta quinta-feira (2), o gestor disse que a prioridade é a proteção da população. 

"A realização da festa de fim de ano e o carnaval a cada dia se torna inviável, devido à preocupação com o aumento de casos que vem ocorrendo no estado. Sabemos da responsabilidade em preservar a vida da população. Por isso, neste momento, optamos por cancelar o carnaval em fevereiro e propomos investir os recursos na saúde do município”, afirmou Victor Cassiano.

Ele fez um apelo à população que ainda não se vacinou, para que procure os postos de saúde para se imunizar. “Não queremos nos tornar o terceiro município com maior número de casos de convid-19 como já fomos no ano passado”, observou ele.

FORÇA-TAREFA PARA VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

A Secretaria Municipal de Saúde realiza uma força tarefa para incentivar a população a tomar a vacina. Segundo o órgão de saúde, 82% da população está imunizada com a 1ª dose e 70% com a 2ª dose ou dose única.

Cametá já aplicou 158.226 doses, e a expectativa é de que até o final do ano a meta é de se alcançar 90% da população com a 2ª dose.

O secretário de Saúde, Klenard Raniei disse que o município mantém, inclusive, atendimento a domicílio em uma espécie de delivery para levar a imunização às pessoas.

Diretora do Hospital Regional de Cametá, Elizete Carvalho informou que as internações por covid-19 na unidade hospitalar são de pessoas que não tomaram a vacina, principalmente, pelo fato de Cametá ser polo de atendimento para mais quatro municípios da região.

“A população precisa fazer sua parte com o uso de máscara e a conscientização da importância de se vacinar. Hoje nós avaliamos os municípios pelo número de pessoas que chegam para ser atendidos no hospital”, declarou Elizete.

O prefeito afirmou que o município dispõe de uma quantidade satisfatória de doses para imunizar toda a população. 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ