Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Arcon aplicou 547 multas a veículos de transporte no Pará durante o veraneio

Atuação ocorreu durante a Operação Verão da Segup, integrada com órgãos de segurança pública

O Liberal

A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Pará (Arcon-PA) divulgou, nesta terça-feira (3), o balanço das ações de fiscalização nos transportes no período de veraneio. Ao todo, 2.761 veículos foram abordados e 547 multas foram aplicadas. As infrações mais recorrentes foram o embarque ou desembarque de passageiros em pontos não homologados pela Arcon; condução do veículo por motorista não cadastrado, como motorista auxiliar; e atraso no horário de saída programado para a viagem.

A Arcon-Pa também atuou na fiscalização do transporte hidroviário em 18 municípios do Estado, incluindo os portos da Região Metropolitana de Belém. Na ação, 1.156 embarcações foram fiscalizadas e 106 autuações foram aplicadas a 72 empresas operadoras. Os principais registros foram o atraso da partida da viagem, (não respeito à tolerância estipulada pela Arcon) e a não aceitação do benefício da gratuidade.

A fiscalização de veraneio realizada pela Arcon-PA, teve início no dia 2 de junho e encerrou neste final de semana.O objetivo foi assegurar maior segurança aos passageiros nas viagens pelas estradas e rios paraenses nesse período em que as viagens são frequentes.

“Em todas as situações de desrespeito aos direitos dos usuários e à ordem de serviço autorizada pela Arcon-PA, foram aplicadas advertências e penalidades cabíveis às empresas operadoras enquadradas nas infrações”, informou Wildson Mello, diretor de Fiscalização da Arcon.

As ações foram realizadas nos municípios de Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Barcarena Belém, Benevides, Bragança, Capanema, Castanhal, Conceição do Araguaia, Curuçá, Dom Eliseu, Itaituba, Marabá, Marapanim, Mosqueiro, Novo Repartimento, Paragominas, Parauapebas, Salinópolis, Santa Maria do Pará, Santo Antônio do Tauá, Salvaterra, Santarém, Soure, Vigia de Nazaré e Xinguara.

Os fiscais da Arcon atuaram de forma integrada com as polícias rodoviárias estadual (BPRV) e federal (PRF), o Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Polícia Militar (PM). Durante as abordagens nas estradas, terminais rodoviários e hidroviários, os fiscais observaram a documentação e as condições dos veículos, além do cumprimento de medidas sanitárias de enfrentamento da covid-19.

(Bruna Ribeiro, estagiária, sob supervisão de Victor Furtado, coordenador do núcleo de Atualidades)

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ