Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Apagão em Almeirim: Energia elétrica é normalizada no município

A informação foi confirmada pela Equatorial energia

Ândria Almeida

Após três dias sem energia elétrica, em decorrência da queda de uma torre transmissão na última sexta (27), o fornecimento de energia foi normalizado no município de Almeirim na manhã desta segunda-feira (30).  A Equatorial Pará  afirmou que continua apurando as causas da queda da torre e lamentou os transtornos. 

No final da tarde, desta segunda-feira (30), o governador Helder Barbalho também confirmou o restabelecimento do serviço no município, usando as redes sociais dele. "O fornecimento de energia já foi normalizado em Almeirim. Após três dias, a Equatorial finalizou os trabalhos. Sigo em contato com a prefeitura e dando suporte para o município'', informou ele.

De acordo com a Equatorial Pará, a interrupção de energia iniciou às 11h53 da sexta-feira (27). No entanto, somente à noite foi localizada a torre de transmissão que caiu - em área de difícil acesso, entre Jurupari e a sede do município de Almeirm, na região do Baixo Amazonas.

Em nota, a Equatorial informou que por volta das 5h desta segunda-feira (30), as equipes conseguiram finalizar os reparos na torre e na linha de transmissão que atendem o município de Almeirim. Já no final da manhã, em nova nota, a concessionária afirmou que o fornecimento foi normalizado às 11h20, desta segunda-feira (30).

A interrupção de energia desencadeou outros problemas para os moradores da cidade, como a falta de água, fechamento do atendimento no Hospital público e atendimento prejudicado na delegacia.
Nos dias em que o Almeirim ficou sem energia, moradores fizeram filas para comprar gelo a fim de conservar os alimentos e também houve filas para carregar celulares em postos de combustíveis e na agência do Banco do Brasil.

O comunicador e escritor, Otacimar Andrade, morador do município, relatou as dificuldades enfrentadas pela população.

“Os comerciantes do município já registram um prejuízo enorme dos frios e congelados comercializados. Os açougues já estão fechados e já venderam tudo o que tinha que vender para não estragar”, detalhou.

Toque de recolher 

No domingo (29), segundo dia sem energia, o município de Almerim decretou toque de recolher restringindo a circulação da população das 22h às 5h da manhã, sendo obrigatório o confinamento das pessoas nas residências, no horário determinado, com exceção de saída para atendimento de saúde e prestação de serviços considerados essenciais. O decreto  tinha validade enquanto perdurasse a falta de energia elétrica no município.

Ainda no domingo (29) uma equipe da polícia militar da cidade de Santarém chegou ao município para reforçar a segurança. Na ocasião, duas viaturas com 13 Policiais Militares foram enviadas para Almeirim.

Hospital sem funcionamento 

No sábado (29), o hospital direcionado para o atendimento exclusivo de casos de covid-19 na região teve que fechar as portas por falta de gerador; pacientes que estavam internados foram transferidos para o Hospital Municipal. Porém, no domingo (29), segundo informações repassadas por moradores da cidade, o gerador que alimentava o Hospital Municipal também parou, deixando funcionários e pacientes no calor.

Na ocasião, a Equatorial informou  que mobilizou embarcações e até um helicóptero para levar todo o material necessário para a manutenção da torre de transmissão. Mas a operação de logística para o transporte dos equipamentos até o local do incidente necessitava de cuidado e tempo.

Em publicação nas redes sociais, no domingo (29), o governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, pediu agilidade na normalização do fornecimento de energia em Almeirim.

“Estou cobrando da Equatorial celeridade nos trabalhos, para que o fornecimento de energia seja retomado em Almeirim. Na última sexta-feira, uma torre de transmissão tombou deixando a cidade sem energia. Estou em diálogo com a prefeitura e reforçando a segurança no município”, publicou o governador.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ