Ananindeua: Aos 49, mulher retoma estudos e vende café para custear sonho de fazer gastronomia

O post que divulga seu trabalho viralizou na web e já superou 3 mil compartilhamentos só no Facebook

Fernando Assunção (Estagiário sob supervisão)

É no bairro da Cidade Nova, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, que Leila Silva Barbosa vende café da manhã aos finais de semana para custear a faculdade de Gastronomia, um sonho de juventude. Uma postagem no Facebook, divulgando o trabalho de dona Leila, feita pelo seu filho, Isaac Silva, viralizou na web.

Dona Leila já havia trabalhado com cozinha, mas foi aos 49 anos que ela iniciou o curso. Aliás, cozinhar, para ela, é visto como uma dádiva divina. Para realizar o sonho, ela teve que retomar a escola, 30 anos depois de ter deixado os estudos por causa de problemas familiares. 

“A princípio, eu já não me via em um banco de escola. É que com o tempo a gente vai se acomodando. Mas, um belo dia, assistindo a um comercial de televisão sobre o curso de Gastronomia, eu senti a necessidade de ter uma qualificação profissional e, incentivada pelos meus dois filhos e colegas da igreja, decidi voltar para os estudos”, disse ela.

 

Minha mãe voltou a estudar recentemente, só tira notas boas e se matriculou pra fazer graduação em gastronomia. Se...

Publicado por Isaac Silva em Sábado, 13 de fevereiro de 2021

 

Na publicação do Facebook, que já ultrapassou 3 mil compartilhamentos, o filho Isaac Silva destaca o esforço da mãe. “Minha mãe voltou a estudar recentemente, só tira notas boas e se matriculou para fazer graduação em Gastronomia. Se puderem comprar cuscuz e as tapiocas que ela está fazendo, já ajudam muito”, disse ele. 

O sucesso na web se refletiu no aumento das vendas, conforme foi percebido no último final de semana. O crescimento foi tanto que, a partir dessa semana, dona Leila também atenderá em delivery. Ela agradece e incentiva outras pessoas a, independente do elemento idade ou de quaisquer outras barreiras, seguirem seus sonhos.

”A educação muda o mundo, muda tudo. Jamais me imaginei voltando à escola com quase 50 anos, mas hoje me vejo satisfeita realizando minhas vontades e me qualificando profissionalmente. Não desistam e não deixem de realizar seus objetivos por qualquer motivo que seja”, finalizou.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ