Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Turista filma os últimos momentos de uma mulher antes de morrer em salto radical

Jornal aponta falha de comunicação dos organizadores como motivo do acidente

O Liberal

Um turista registrou de forma despretensiosa os últimos instantes que antecederam à morte de uma mulher durante uma experiência radical no Cazaquistão, no último domingo (10). Yevgenia Leontyeva, de 33 anos, morreu durante um salto com corda, conhecido como rope jump ou “pêndulo humano”, de um prédio de 15 andares em Karaganda. Segundo o New York Post, o acidente foi provocado por uma falha na comunicação entre os funcionários da equipe que organizou o salto.

Tudo foi registrado em vídeo. Na gravação, Leontyveva termina de colocar o equipamento necessário para o salto. Fora da cena é possível ouvir a voz de um homem dizendo “eu te amo” para ela, que logo em seguida se posiciona e pula, caindo violentamente no chão.

O jornal NYP relatou que o acidente ocorreu porque Leontyveva recebeu o “sinal verde” antes que o organizador pudesse prender sua corda de segurança. Quando ela saltou, ele ainda estava segurando a corda de salvamento na mão. A força da queda puxou o profissional e o derrubou no chão, mas não o feriu com gravidade. Yevgenia foi socorrida e passou por uma craniotomia e retirada de hematoma cerebral, mas infelizmente não sobreviveu.

Ao contrário do famoso bungee-jump, o rope jump ainda é visto por especialistas como um esporte praticado de forma amadora. Enquanto a primeira modalidade conta com protocolos de segurança e diversos equipamentos desenvolvidos especialmente para o salto radical, como o uso da corda elástica dupla, o segundo utiliza uma corda mais convencional, semelhante às que são utilizadas para o alpinismo. Esse material não foi criado, testado e aprovado para aplicar o esforço que é feito, quando uma pessoa salta e ainda faz o movimento de pêndulo.

A tragédia foi presenciada por uma amiga da vítima, que também se preparava para saltar e ficou completamente em pânico com a violência das cenas que presenciou. De acordo com New York Post, Yevgenia Leontyeva era uma saltadora experiente e acostumada com a prática de esportes radicais. Ela deixou três filhos.

Palavras-chave

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO