Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tribunal de Mianmar condena líder da oposição ganhadora do Nobel da Paz a mais seis anos de prisão

Aung San Suu Kyi foi considerada culpada em quatro casos de corrupção. Ela nega todas as irregularidades

O Liberal

Ganhadora do Prêmio Nobel da Paz e líder da oposição de Mianmar contra o regime militar, Aung San Suu Kyi foi condenada por um tribunal do país a seis anos de prisão, nesta segunda-feira (15). Ela foi considerada culpada de quatro casos de corrupção. As informações são da Agência Reuters e foram divulgadas pela Agência Brasil.

Segundo a decisão, ela teria usado indevidamente recursos da Fundação Daw Khin Kyi - organização que fundou para promover saúde e educação - para construir uma casa e arrendar terras de propriedade do governo com desconto.

VEJA MAIS

Quatro ativistas pró-democracia foram executados por enforcamento em Mianmar
Eles foram acusados de ‘terrorismo’ pela junta militar. As execuções, que foram as primeiras no país após mais de 30 anos, estão sendo condenados pela ONU e grupos de direitos humanos

Tribunal de Mianmar condena Aung San Suu Kyi, principal líder civil do país, a dois anos de prisão
Ganhadora do Nobel da Paz em 1991, Aung San Suu Kyi vem sendo submetida a uma série de julgamentos que podem mantê-la na prisão pelo resto da vida

Forças de segurança matam manifestantes contrários a golpe em Mianmar
Grupos de direitos humanos reportam que o aumento da violência desde a tomada militar em fevereiro matou pelo menos 550 civis

Desde que os militares derrubaram um governo eleito, liderado pelo partido de Suu Kyi, e lideraram uma repressão à dissidência, no ano passado, Mianmar está em turbulência. Milhares de pessoas foram presas, muitas torturadas, espancadas ou mortas, o que a Organização das Nações Unidas (ONU) chamou de crimes contra a humanidade.

Com 77 anos de idade, Aung San Suu Kyi foi acusada de pelo menos 18 crimes, desde corrupção até violações eleitorais, com penas máximas juntas de quase 190 anos de prisão. Ela chamou as acusações de absurdas e nega todas as irregularidades.

Condenada a 11 anos de prisão em outros casos, Suu Kyi que está em confinamento solitário em uma prisão na capital Naypyitaw.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO