Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Robô jogador de xadrez quebra o dedo de menino durante torneio; vídeo

Federação afirma que criança não teria esperado pelo fim da jogada para movimentar sua peça, o que teria confundido a máquina

Luciana Carvalho

Um robô projetado para jogar xadrez quebrou o dedo de um menino de 7 anos durante uma partida em Moscou, na Rússia, na última semana. Um vídeo divulgado por meio de "Baza", um canal no Telegram, mostra o "chessrobot", como é chamado, partindo o dedo da criança. As informações são do portal O Estadão.

O garoto não esperou o fim da jogada do robô, respondeu rapidamente com seu próprio movimento no tabuleiro, fato que teria confundido a máquina, que agarrou o dedo da criança na movimentação. Veja o vídeo:

VEJA MAIS

Engenheiro do Google revela que robô de bate-papo ganhou 'consciência' e acaba afastado
O homem relatou vários diálogos que teve com a Inteligência Artificial, mas funcionários da empresa afirmam que não existem provas da alegação

Robô humanóide surpreende o público da maior feira de tecnologia do mundo
O robô parece e age estranhamente como um humano, com expressões faciais realistas e movimentos suaves

Sergey Lazarev, presidente da Federação de Xadrez de Moscou, confirmou o incidente à uma agência de notícias da Rússia.

"O robô foi alugado por nós e é exposto em diversas situações, acompanhado por especialistas, há muito tempo. Aparentemente, os operadores ignoraram algumas falhas", afirmou Sergey Lazarev. 

De acordo com o dirigente, os responsáveis pela máquina devem repensar seu sistema para evitar novos acidentes. "Existem certas regras de segurança, que são necessárias serem respeitadas. A criança fez um movimento e depois disso é necessário dar tempo para o robô responder, mas o menino se apressou e o robô o agarrou", comentou. "É um caso extremamente raro, o primeiro de que me lembro, mas não temos nada a ver com a máquina", completou Lazarev, eximindo a Federação de culpa pelo acidente.

Os pais da criança entraram em contato com o Ministério Público russo e Lazarev disse que a Federação irá ajudar a família no que estiver a seu alcance.

Mesmo após o acidente, a criança seguiu na competição, terminando o torneio com o dedo enfaixado e acompanhado por voluntários que o ajudaram a registar seus movimentos, afirmou o presidente.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO