Ratos são acusados de comer 500 kg de maconha armazenados pela polícia indiana

O valor estimado dos entorpecentes chega a quase R$ 400 mil

Luciana Carvalho
fonte

A polícia indiana informou que mais de 500 quilos de maconha apreendidos de traficantes foram devorados por ratos na Delegacia de Polícia Rodoviária, localizada na cidade de Mathura, em Uttar Pradesh, no norte da índia, onde a droga estava armazenada. As informações são da CNN Brasil.

“Os ratos são animais pequenos e não têm medo da polícia”, disse um tribunal na cidade de Mathura, depois de ouvir que a polícia local não conseguiu fornecer quase 200 quilos de cannabis confiscados que deveriam ser apresentados como evidência em um caso recente.

De acordo com o jornal local The Times of India, a maconha havia sido apreendida em dois casos distintos e armazenada em duas embalagens, uma com 386 kg e outra com 195 kg, e o valor estimado dos entorpecentes chega a quase R$ 400 mil. No total, teriam sumido 581 kg de maconha.

VEJA MAIS

image Restaurante de luxo considerado o ‘mais romântico’ de Londres tinha infestação de ratos
Descoberta foi feita por um inspetor. No relatório, também consta que havia tábuas de cortar alimentos degradadas e más práticas de limpeza

image Criança de 11 anos morre por hantavirose após ser mordida por rato silvestre
A doença se manifesta como uma síndrome cardiopulmonar que pode levar à morte em 72 horas

 E esta não foi supostamente a primeira vez que os ratos atacaram. O juiz que ouviu o caso disse que a polícia de Mathura culpa os roedores por destruir um total de mais de 500 quilos de maconha que haviam sido apreendidos em vários casos. Por conta disso, o tribunal estabeleceu diretrizes para a polícia leiloar ou descartar a quantidade de maconha que restou.

 Contudo o superintendente da polícia de Mathura, Martand Prakash Singh, discorda dessa versão apresentada. Para ele, as chuvas e inundações são as verdadeiras responsáveis pela destruição da maconha apreendida.

“Não havia referência a ratos no (relatório apresentado ao tribunal)… a polícia apenas mencionou que a maconha apreendida foi destruída pelas chuvas e enchentes”, finalizou ele.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO