Paraense que sofreu ataque em Jerusalém segue em estado grave, porém estável

Algumas medicações para estabilizar a pressão arterial, no entanto, começaram a ser retiradas, o que é considerado um bom sinal, apesar da gravidade do quadro

O Liberal

O paraense David Anijar, uma das vítimas do atentado ocorrido em Jerusalém, no último sábado (8), segue internado e em estado grave, segundo informações da família dele que vive em Belém. De acordo com a prima do militar, Hanna Anijar, o rapaz, de 30 anos, que há sete vive em Israel com a família, continua entubado e em coma induzido. Algumas medicações para estabilizar a pressão arterial, no entanto, começaram a ser retiradas, o que é considerado um bom sinal, apesar da gravidade do quadro.

“Como ele recebeu um tiro na cabeça à queima-roupa, a situação é considerada muito grave, inclusive os médicos estão mantendo uma parte da cabeça dele aberta para diminuir a pressão intracraniana”, explicou. 

VEJA MAIS

Paraense é uma das vítimas de atentado em Jerusalém e está em coma induzido
O agente de segurança David Anijar, que mora há sete anos em Israel, estava ao lado de militar assassinada

Forças israelenses procuram palestino suspeito de matar soldado
Os policiais informaram que o suspeito é um palestino de 22 anos que foi levado por um cúmplice até o posto de controle

Segundo Hanna, o quadro dele é considerado grave, porém estável, e a família que vive lá está acompanhando de perto o desenrolar da situação. “Há uma certa dificuldade de comunicação por conta do idioma, mas nós sabemos que a luta, neste primeiro momento, é para mantê-lo vivo. Ele foi um dos últimos da família a ir para Israel, por isso há muita gente da família dele lá, inclusive a mãe e os irmãos”, completou.

Paraense foi baleado enquanto trabalhava

David trabalhava como segurança privado das forças militares de Israel e estaria de serviço no momento em que um homem se aproximou do posto de controle onde ele travalhava e atirou nele e em mais algumas pessoas. Uma soldado teria morrido na hora, enquanto o paraense foi socorrido. O responsável pelo ataque, até o momento, não foi identificado e nem preso, mas a organização palestina Hamas já teria assumido a autoria do ataque, segundo informações que circulam na imprensa internacional. 

Estado de saúde é delicado, diz irmão

Por meio de uma rede social, um irmão de David, Saul Morel, informou sobre o estado de saúde da vítima e agradeceu o apoio. “Obrigado a todos por tantas mensagens e orações pelo David. O quadro clínico ainda é delicado e ele, como um grande lutador que sempre foi, segue lutando muito firme minuto a minuto pra continuar aqui.  Os médicos dizem que o processo pode ser longo e que a reação dele nas próximas horas e dias serão determinantes. Por favor, continuem com as orações por ele, que sem dúvidas estão ajudando bastante nesses momentos difíceis. Seguimos aqui do lado dele 24h por dia. Tenho fé que meu irmão ainda vai sair bem dessa”.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO