Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Nova variante da covid-19 preocupa e países impõe novas medidas restritivas

Em nota, o Itamaraty informou que não tem posicionamento sobre a conduta que o Brasil adotará perante a variante

O Liberal

O cenário de pandemia continua causando preocupação nas autoridades de diversos países ao redor mundo. Só na manhã desta sexta-feira (26), pelo menos dez nações anunciaram novas medidas restritivas a voos de países do sul da África devido a nova variante identificada em Botsuana. Em nota, o Itamaraty informou que não tem posicionamento sobre a conduta que o Brasil adotará perante a variante. As informações são da CNN.

VEJA MAIS

Presidente Bolsonaro descarta fechar aeroporto contra nova onda da covid: 'Já está aqui dentro' O chefe do Executivo Federal repetiu que é preciso "aprender a conviver com o vírus"

O ministro italiano da saúde, Roberto Speranza, assinou ordem executiva proibindo a entrada da África do Sul, Lesoto, Botswana, Zimbábue, Moçambique, Namíbia e Eswatini. Os mesmos países também foram proibidos de entrarem na República Tcheca, que também adicionou a Zâmbia na lista. 

Europa pode ter mais 2 milhões de mortes por covid-19 até março, diz OMS Para a organização, há três principais fatores que impulsionam a alta de transmissão na região

OMS alerta sobre nova fase de covid-19 na Europa Organização diz que chamada vale para o resto do mundo

Ministério da Saúde recomenda dose de reforço da Janssen Intervalo deve ser de dois a seis meses

Em comunicado, Hugo de Jonge, ministro da saúde da Holanda, afirmou que a proibição se aplicaria em todos os países do Sul da África e viajantes em trânsito deverão ficar em quarentena ao chegar no aeroporto de Schiphol. Na Europa, Itália, República Tcheca, Holanda e França anunciaram as medidas. 

A restrição deve ganhar uma proporção ainda maior na próxima semana, já que a comissão da União Europeia também pretende interromper viagens vindas da região da África Austral. “A Comissão irá propor, em estreita coordenação com os Estados Membros, ativar o freio de emergência para interromper as viagens aéreas da região da África Austral devido à variante de preocupação B.1.1.529”, disse a chefe da Comissão da UE, Ursula von der Leyen.

Ainda na Europa, o Reino Unido proibiu temporariamente os voos da África do Sul, Namíbia, Botswana, Zimbábue, Lesoto e Eswatini e pediu para que os britânicos que estão viajando retornassem desses destinos para fazer quarentena. No Oriente Médio, Israel anunciou que seus cidadãos estão impedidos de viajar para o sul da África e está proibida a entrada de estrangeiros na região. O comunicado foi feito na quinta-feira (25) e nesta sexta (26), o país confirmou um caso de infecção da nova variante. “Estamos atualmente à beira de um estado de emergência. Nosso princípio básico é agir rápido, forte e agora", disse o primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett.

Confira os países que já aderiram  as restrições ao sul da África:

BANIRAM VOOS

- Reino Unido
- Itália
- Holanda
- República Tcheca
- França
- Cingapura
- Israel

AUMENTARAM MEDIDAS DE CONTROLE

- Japão
- Índia
- Taiwan

SOBRE A NOVA VARIANTE
A nova variante foi identificada pela primeira vez esta semana com casos na África do Sul, Botsuana e Hong Kong. Segundo os cientistas, ela tem uma "constelação muito incomum", o que gera preocupação, já que essa condição pode ajudá-la a escapar da resposta imunológica do corpo e torná-la mais transmissível. 

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO