Morre pessoa mais velha do mundo, freira Lucile Randon, aos 118 anos de idade

Em seus últimos dias de vida, a irmã orava e era observada por profissionais especializados em cuidados paliativos

O Liberal
fonte

A freira francesa Lucile Randon, conhecida como irmã André, era a pessoa mais velha do mundo e morreu nesta terça-feira (17), aos 118 anos. Ela vivia em uma casa de repouso na cidade francesa de Toulon, a 841 km de Paris, e faleceu enquanto dormia. Em seus últimos dias de vida, a irmã orava e era observada por profissionais especializados em cuidados paliativos. As informações são do Estado de Minas e da CNN Brasil.

VEJA MAIS:

image Quatro brasileiros dizem ter mais tempo de vida que a pessoa mais velha do mundo; uma é paraense
Atualmente, a pessoa mais velha do mundo reconhecida pelo ‘Livro dos Recordes” é uma freira francesa de 118 anos. Porém, quatro idosos do Brasil podem ter mais de 120 anos

Lucile Randon nasceu em 11 de fevereiro de 1904, em Alès, no sul da França. Assumiu o nome de irmã André quando ingressou em uma ordem de caridade católica em 1944. Também havia sobrevivido à covid-19 no ano passado. De acordo com a lista de classificações mundiais de supercentenários do Gerontology Research Group (GRG), Lucile era a pessoa viva mais velha do mundo.

Com a morte da japonesa Kane Tanaka, de 119 anos, no dia 19 de abril deste ano, a freira francesa Lucile Randon passou a ser reconhecida pelo "Guinness Book", o "Livro dos recordes", como a pessoa mais velha do mundo.

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO