Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Menino de 7 anos e irmã de 24 morrem em queima de fogos na França

Os dois foram atingidos por parte dos fogos de artifício durante a comemoração do feriado no país

Carolina Mota

Um menino de 7 anos e sua irmã, de 24, morreram em um acidente durante a queima de fogos de artifício no feriado nacional francês, de 14 de julho, que celebra a queda da Bastilha, marco importante da Revolução Francesa.

O promotor de justiça que investiga o caso, Angers Eric Bouillard, afirmou que os irmãos participavam do festejo junto com outros membros de sua família. Segundo as investigações, os dois estavam a cerca de cinquenta metros do ponto de disparo dos foguetes quando foram atingidos por parte dos fogos. Segundo a última atualização divulgada, sete pessoas ficaram feridas. As informações são do G1.

VEJA MAIS

Fogos de artifício com estampido ainda atormentam pets e preocupam tutores em Belém
Apesar do código que prevê mais qualidade de vida para os animais, tutores pedem por mais fiscalização

Concessionária de energia alerta para os cuidados com fogos de artifício e rede elétrica
Os explosivos pirotécnicos requerem cuidado para evitar acidentes e falta de energia elétrica

Único sobrevivente de ataque terrorista na França é transferido para Bélgica em novo julgamento
Salah Abdeslam não explodiu o próprio corpo, como fizeram os outros sete terroristas que atacaram seis pontos na França e deixaram mais de 100 mortos

A ocorrência foi aberta por homicídio involuntário e determinará as circunstâncias exatas do acidente, ocorrido por volta das 23h (18h em Brasília) perto do estádio da cidade.

O francês Laurent Picard, que participou do show com suas filhas, postou um vídeo no Facebook do que parece ser uma explosão de foguete entre uma pequena multidão que estava atrás de uma cerca, depois gritos e pessoas correndo para todos os lados.

Os fogos de artifício foram mantidos até o fim e, segundo ele, a multidão se dispersou. Segundo o jornal Courrier de l'Ouest, cerca de 70 bombeiros foram enviados ao local.

(Carolina Mota, estagiária sob supervisão da coordenadora do núcleo de política, Keila Ferreira)

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO