Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Líder religiosa que dizia promover a cura da covid-19 é encontrada mumificada

O corpo estava com os olhos arrancados e o rosto maquiado com glitter

Com informações de Último Segundo

Um corpo foi encontrado dentro de um saco de dormir, enrolado com luzes natalinas, com os olhos arrancados e o rosto maquiado com glitter. O cadáver mumificado é de Lia Amy Carlson, de 45 anos, do grupo religioso chamado Love Has Won (O Amor Vence). A polícia do estado de Denver, nos Estados Unidos foi a responsável pela localização dos restos mortais já em estado de putrefação.

No mesmo local, estavam sete membros da seita, que foram todos presos, conduzidos como suspeitos. Duas crianças, de 14 e 2 anos, também estavam no local e agora estão sob custódia da justiça estadunidense.

No último dia 16 de abril, membros do grupo realizaram uma live nas redes sociais e disseram que a líder estaria "muito próxima de morrer".

Investigadores acreditam Amy possivelmente tenha ingerido pratas coloidais, substância que o grupo vendia prometendo levar à cura da covid-19.

A seita surgiu em 2018 e reunia 20 membros até a prisão dos suspeitos de envolvimento no crime. Amy alegava ser uma criatura de 19 bilhões de anos, que já foi até filha de Donald Trump em outras vidas.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO