CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Espanha exige que Milei peça desculpas após ataques contra presidente espanhol e sua esposa

Milei foi à Espanha para participar de um evento do Vox, partido de extrema direita, onde fez diversas acusações contra seu homólogo espanhol Pedro Sanchez e sua esposa

Igor Wilson
fonte

O ministro das Relações Exteriores, José Manuel Albares, fez uma declaração institucional para pedir ao presidente argentino, Javier Milei, que retire suas palavras “muito sérias” e peça desculpas publicamente a Pedro Sánchez e sua esposa, Begoña Gómez, a quem ele descreveu como “corrupta”, durante participação em um evento do partido de extrema direita espanhol Vox, este fim de semana.

VEJA MAIS

image Ministro da Espanha acusa Milei de usar drogas; argentino retruca e critica premiê
Gabinete do presidente emitiu uma declaração neste sábado, condenando os comentários e atacando o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez

image Entenda os impactos da greve geral na Argentina contra as políticas do presidente Milei
Apesar dos protestos, Milei ainda mantém boa popularidade, com média de 51% de aprovação dos argentinos

Depois do discurso do presidente da Argentina, Javier Milei, contra o governo de Espanha, o ministro das Relações Exteriores de Espanha exigiu desculpas este domingo (19). Albares afirmou que, caso contrário, serão tomadas medidas para defender a soberania e a dignidade espanholas. 

“É algo sem precedentes na história das relações internacionais”, disse Albares. O ministro anunciou que convocou o embaixador espanhol em Buenos Aires para consultas.  

“Isso levou as relações entre Espanha e Argentina ao momento mais sério da nossa história recente”, acrescentou Albares em publicação em seu perfil no Twitter. 

Presidente argentino na Espanha 

Milei foi à Espanha para participar de um evento do Vox, partido de extrema direita que tem conquistado espaço político nos últimos anos, no entanto, sem reunir-se com o executivo atual da Espanha, o que é protocolar quando um chefe de Estado vai a algum país, acabou gerando críticas e questionamentos. 

“Eles não sabem que tipo de sociedade e de país o socialismo pode produzir e que tipo de pessoas ferradas no poder e que níveis de abuso pode gerar. Mesmo que ele tenha uma esposa corrupta, ele se suja e leva cinco dias para pensar nisso”, disse Milei sobre Sánchez e sua esposa durante um discurso neste sábado (18). 

O governo espanhol considera que as palavras de Milei são um ataque frontal e inaceitável a Espanha, acrescentando que é o momento mais grave das relações entre Argentina e Espanha.

"Ataque a União Europeia"

Josep Borrell, alto representante da UE para os Negócios Estrangeiros, escreveu uma mensagem na sua conta X “condenando” e “rejeitando” as palavras do presidente argentino, Javier Milei.

“Ataques contra familiares de líderes políticos não têm lugar na nossa cultura: nós os condenamos e rejeitamos, especialmente quando vêm de associados”.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, José María Albares, explicou na sua declaração institucional que contactou Borrell e lhe disse que “um ataque deste calibre a um Estado-Membro é também um ataque à UE como um todo”.

 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO