Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Entenda o que Angelina Jolie fazia na Ucrânia antes do alerta de bombardeio

A atriz foi surpreendida com um alerta de bombardeio quando visitava uma estação de Lviv, na Ucrânia; saiba mais

Paula Figueiredo

No último sábado (30), Angelina Jolie precisou fugir para um abrigo antiaéreo após sirenes de alerta de ataque dispararem durante sua visita a Lviv, na Ucrânia. Com a repercussão da notícia, muitas pessoas passaram a se questionar o que a atriz norte-americana fazia no país que segue em guerra com a Rússia quando foi surpreendida pelo alerta de bombardeio. Por isso, entenda os detalhes da visita.

VEJA MAIS

Angelina Jolie na guerra: atriz busca abrigo durante alerta de bombardeio na Ucrânia; vídeo
Atriz norte-americana e representantes da ONU precisaram correr durante visita a refugiados em Lviv

Set de filme da Marvel com Angelina Jolie é evacuado após descoberta de bomba
Estrela grava, ao lado de Richard Madden, o longa Os Eternos

O que Angelina Jolie fazia em Lviv, na Ucrânia?

Angelina Jolie viajou para a Ucrânia como enviada especial da agência de refugiados da ONU (Acnur) para demonstrar seu apoio às pessoas que sofrem com a guerra. Vale lembrar que a atriz sempre foi adepta de movimentos sociais e recentemente visitou um hospital que acolheu dezenas de crianças refugiadas na Roma. Além disso, Angelina Jolie é embaixadora da Boa Vontade da Organização das Nações Unidas (ONU) há mais de 20 anos e, em 2012, se tornou uma Enviada Especial do Alto Comissário, onde já realizou mais de 60 missões, incluindo visitas em Serra Leoa, Paquistão, Jordânia, Iraque e Colômbia.

Como foi a visita de Angelina Jolie em Lviv?

Durante sua visita na Ucrânia, Angelina Jolie foi flagrada em um café em Lviv e logo depois se direcionou para uma estação de trem para conhecer alguns desalojados pela guerra com a Rússia. Lá, ela conversou com voluntários e brincou com algumas crianças ao redor, veja:

"Eles devem estar em choque. Eu sei como o trauma afeta as crianças, eu sei que apenas ter alguém mostrando o quanto elas importam, o quanto suas vozes importam, eu sei como isso é benéfico para elas", disse ela. 

(Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão de Tainá Cavalcante, editora web de OLiberal.com)

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO