Eleições nos EUA: resultado preliminar afasta ampla vantagem dos republicanos

Panorama ainda está indefinido, mas mostra, até o momento, empate no Senado e modesta vantagem do Partido Republicano em relação ao Partido Democrata na Câmara

O Liberal
fonte

As eleições legislativas de meio de mandato realizadas nos Estados Unidos têm, até o momento, refletido em alívio para o atual presidente, Joe Biden, com a demonstração de um eleitorado extremamente dividido. Pelos resultados preliminares divulgados, a vitória expressiva do Partido Republicano, do ex-presidente Donald Trump, sobre o Partido Democrata, de Biden, apontada nas pesquisas, não se concretizou. As informações são do G1 Mundo.

As votações deste ano renovarão todas as 435 cadeiras da Câmara dos Representantes, além de 35 assentos no Senado. Conforme as primeiras apurações, no início da manhã desta quarta-feira (9), a disputa no Senado estava empatada, com disputas acirradas em Nevada e Arizona e provavelmente um segundo turno na Geórgia.

VEJA MAIS

image 'O povo brasileiro escolheu parar a destruição da Amazônia', afirma ex-vice presidente dos EUA
Al Gore foi o primeiro líder global a citar o Brasil em um discurso da COP 27, no Egito

image Eleições de meio de mandato: Saiba como os EUA votam, contam os votos e se têm urnas eletrônicas
As eleições legislativas nos Estados Unidos ocorrem neste ano de 2022; após as eleições de 2020, so sistemas de votação do país passaram a ser questionados, diminuindo a confiabilidade dos eleitores no sistema eleitoral do país

image Eleições legislativas nos EUA: governabilidade de Biden e futuro de Trump estão em jogo
Norte-americanos vão às urnas nesta terça-feira (8). Pleito vai definir se Democratas manterão o controle do Congresso

Quanto às vagas na Câmara, os republicanos levam vantagem, mas com uma margem modesta e não devastadora, como o previsto nas pesquisas.

“Definitivamente, não é uma onda republicana, com certeza”, declarou o veterano senador Lindsey Graham.

Os resultados tem sido animadores para os democratas, que se preparavam para grandes derrotas. Essas eleições são cruciais para a governabilidade de Joe Biden e funcionam como um termômetro para 2024, quando será escolhido o novo presidente americano. 

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO