Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Desespero: criança é envenenada após comer ovo Kinder

Fabricante é investigada por surto de salmonela provocado por chocolates da marca

Emilly Melo

Uma criança teve intoxicação alimentar após consumir chocolates Kinder Surprise contaminados, no Reino Unido. Charlotte Wingfield compartilhou o sofrimento da filha, Brooklyn-Mai, de 3 anos, nas redes sociais. As informações são do Metrópoles.

VEJA MAIS

Famoso 'ovo com supresa' tem lote recolhido após surto de salmonella Cerca de 57 casos já foram confirmados na região, na sua maioria crianças de até cinco anos

Anvisa recolhe fórmulas infantis com suspeita de contaminação por bactéria letal; veja quais Medida acontece após quatro internações de bebês que consumiram produtos de lotes suspeitos

A mulher afirma que a criança ficou debilitada, com o olhar “sem vida” e que nunca havia ficado tão mal. Durante 96 horas, Brooklyn-Mai permaneceu acordada por apenas 12 a 14 anos. 

“A temperatura dela subiu para mais de 39° e eu lutei para reanimá-la. Falei com o clínico-geral que examinou uma lista do que poderia ser e, após três dias, foi confirmado que ela estava envenenada por salmonela do chocolate Kinder, que ela comeu no domingo da semana passada”, contou ao jornal Hull Live.

A fabricante, Ferrero, passou a fazer parte de uma investigação após as suspeitas de chocolates contaminados com a salmonela. Desde então, alguns lotes de produtos estão sendo recolhidos para evitar mais problemas. 

Os consumidores estão sendo aconselhados a não consumir certos produtos Kinder com a validade entre 11 de julho e 7 de outubro de 2022.  “Para reduzir o risco de qualquer doença adicional, os consumidores não devem comer os produtos listados no alerta de recall e eles/os pais ou responsáveis ​​pelas crianças devem seguir os conselhos de risco contidos nele”, comunicou a FSA por meio de uma publicação no Twitter.

Países como a Bélgica já determinaram o fechamento da empresa Ferrero e a suspensão das vendas no território.  

O que diz a Ferrero Brasil?

A Ferrero Brasil falou sobre a situação na Europa e reiterou que não há produtos da marca com esses problemas no Brasil.

“Graças à colaboração com várias autoridades das áreas de segurança dos alimentos e saúde pública na Europa, a Ferrero chegou a novos dados que mostram a correspondência de genótipos entre casos relatados de contaminação de salmonella na Europa e na fábrica em Arlon, Bélgica. Neste contexto, a Ferrero está suspendendo as operações em sua fábrica em Arlon, Bélgica.

O recall que começou de forma preventiva e que se refere a produtos fabricados na Bélgica está sendo implementado em conjunto com parceiros comerciais de todos os países de destino para lotes relevantes de toda a produção de Kinder Surprise, Kinder Mini Eggs, Kinder Surprise Maxi 100g e Kinder Schokobons fabricados em Arlon, Bélgica.
 
A fábrica só será reaberta depois de certificada pelas autoridades. Apenas os produtos Kinder fabricados em Arlon, Bélgica, são afetados por este recall. Todos os outros produtos da linha Kinder e os outros produtos da Ferrero não foram afetados.
 
O Brasil não está envolvido no recall de produtos Kinder fabricados na Bélgica.
 
Lamentamos profundamente esta situação. A segurança alimentar, a qualidade e o cuidado estão em nossa essência desde a fundação da empresa. Este sério evento atinge o cerne do que defendemos e tomaremos todas as medidas necessárias para preservar a total confiança de nossos consumidores.”

(*Emilly Melo, estagiária sob supervisão do coordenador do Núcleo de Política Hamilton Braga)

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO