Após oito meses longe de casa, jovem encontra só o esqueleto do animal de estimação

Estudante estava com os pais por conta da quarentena imposta pela covid-19

Com informações do Metrópoles

Depois de ficar oito meses na casa dos pais, por conta da pandemia de covid-19, um estudante chinês, de 22 anos, ao retonar para o lar, levou um susto ao encontrar apenas o esqueleto do seu animal de estimação: uma tartaruga. 

Morando em Wuhan — epicentro do coronavírus —, Lin Buxiu reside em um alojamento estudantil. “Eu planejava ficar fora por cerca de um mês, então deixei para ele comida e água o suficiente para durar algumas semanas”, contou.

Em imagens divulgadas na internet, Buxiu mostrou o estado da tartaruga: apenas um amontado de ossos secos. Antes disso, ele colecionava fotos do bichinho saudável.

À agência AsiaWire, o rapaz classificou o episódio como “chocante”.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!