Chinês que vendeu rim para comprar iPad é internado por insuficiência renal

Em 2011, Shangkun vendeu o órgão por cerca de R$ 11,8 mil no mercado negro

O chinês Wang Shangkun, 25, que aos 18 anos vendeu um de seus rins no mercado negro para comprar um iPad, em 2011, foi internado na província de Anhu, com o diagnóstico de insuficiência renal. Hoje, ele depende de hemodiálise para evitar a falência total do órgão.

Em 2011, Shangkun ficou conhecido por vender um rim para conseguir dinheiro para comprar o equipamento eletrônico. Na época, ele conseguiu comercializar o órgão por cerca de R$ 11,8 mil, comprando assim o tablet da Apple, além de um iPhone 4. O jovem fanático por tecnologia teria começado a mostrar deficiências renais não muito tempo depois da cirurgia que retirou o primeiro rim.

Depois que o caso veio à tona, nove pessoas envolvidas no procedimento foram presas, incluindo os médicos responsáveis pela retirada do rim de Shangkun. A família do jovem recebeu quase R$ 800 mil de indenização, no entanto, Wang precisou desistir de seus estudos e vive de benefícios sociais, fornecidos pelo governo chinês.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!