#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Bar peladão: conheça o estabelecimento LGBTQIA+ com temática erótica e clientes nus

O estabelecimento nudista 'Free Willie' promove competições de bilhar e concursos de karaokê para seus clientes 'peladões'

Hannah Franco
fonte

Em meio aos canais de Amsterdã, um bar chama atenção por sua temática nudista dedicada ao público LGBTQIA+. O "Free Willie" é um espaço de liberdade, onde a nudez é opcional, mas incentivada sem julgamentos ou constrangimentos. Além disso, o local promove a autoaceitação e união contra a intolerância crescente na Holanda.

A nudez é a regra no Free Willie, mas clientes mais tímidos podem usar roupa íntima. "Não aconselhamos", brinca Richard Keldoulis, o dono do local, à AFP. A ideia central é que a nudez incentive a livre expressão da comunidade. Além do bar, o empresário de 61 anos também possui uma discoteca e uma sauna.

C2PaQJSo_PW/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=loading" data-instgrm-version="13" style=" background:#FFF; border:0; border-radius:3px; box-shadow:0 0 1px 0 rgba(0,0,0,0.5),0 1px 10px 0 rgba(0,0,0,0.15); margin: 1px; max-width:540px; min-width:326px; padding:0; width:99.375%; width:-webkit-calc(100% - 2px); width:calc(100% - 2px);">

Desde o logotipo até os porta-casacos, o Free Willie ostenta uma decoração ousada e irreverente, com referências fálicas explícitas. Essa escolha estética, segundo Keldoulis, busca desafiar os tabus e celebrar a sexualidade de forma aberta e sem pudores.

VEJA MAIS

image Jantar pelado? Entenda a experiência que virou hit em restaurante de NY 🤭
A ideia principal é 'conectar o corpo com a comida em seu estado mais puro'

image Companhia aérea oferece pacotes de sexo no avião por R$ 9 mil para realizar fetiches
Uma empresa monetizou o fetiche de fazer sexo no avião e está oferece voos particulares apenas para transar nas alturas

Na parte traseira do bar está disponíveis alguns espaços mais escuros e íntimos, rodeados de grossas cortinas de veludo vermelho. No entanto, Keldoulis garante que o local não é sobre sexo. O bar holandês busca criar um ambiente acolhedor e amigável, onde as pessoas possam se divertir, conversar e se conectar sem se preocupar com aparências ou julgamentos. A nudez, nesse contexto, serve para a quebra de barreiras e a construção de relações mais autênticas e significativas. Para o dono do local, tirar a roupa ajuda a fazer com que as pessoas se tornem "mais abertas e relaxadas".

Além de sua decoração, a programação do bar também chama atenção. O local promove concurso de karaokê e um torneio semanal de bilhar com seus competidores completamente nus. O vencedor ganha um troféu e 50 euros (cerca de R$ 280). Nas redes sociais, a competição é divulgada com fotos sensuais. 

C4p9ksWoA3l/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=loading" data-instgrm-version="13" style=" background:#FFF; border:0; border-radius:3px; box-shadow:0 0 1px 0 rgba(0,0,0,0.5),0 1px 10px 0 rgba(0,0,0,0.15); margin: 1px; max-width:540px; min-width:326px; padding:0; width:99.375%; width:-webkit-calc(100% - 2px); width:calc(100% - 2px);">

Refúgio em meio à intolerância

A Holanda, apesar de ter sido pioneira na legalização do casamento homossexual, enfrenta um aumento preocupante na intolerância contra a comunidade LGBTQIA+. O país caiu para o 14º lugar no Rainbow Index, que mede os direitos dos homossexuais na Europa.

O Free Willie se posiciona como um refúgio para a comunidade "queer" em Amsterdã, oferecendo um ambiente livre de discriminação e violência. Os clientes que frequentam o local alegam ser um local seguro para a comunidade, onde as pessoas podem ser elas mesmas sem medo de represálias. "Sexo, droga e rock and roll: não querem mais essa imagem na cidade. Para mim, é uma pena, pois eu vim para cá por isso”, disse Richard Keldoulis.

*(Hannah Franco, estagiária de jornalismo, sob supervisão de Felipe Saraiva, editora web de OLiberal.com)

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO