Ataque com faca deixa pelo menos quatro pessoas feridas em Paris

Um suspeito foi detido pela polícia, mas ainda não se sabe as causas do ataque

Reuters

Quatro pessoas ficaram feridas em um ataque com faca que ocorreu nas proximidades da antiga sede da revista satírica Charlie Hebdo, em Paris, nesta sexta-feira (25), segundo o premiê francês Jean Castex. A polícia local informou que um suspeito foi preso.

Uma fonte policial havia dito anteriormente à Reuters que dois dos quatro feridos corriam risco de morte, e que um facão foi encontrado no local. Outras fontes afirmaram que um cutelo foi encontrado na região. A polícia de Paris informou que uma pessoa foi presa perto da Ópera da Bastilha.

"Eu estava no meu escritório. Ouvi gritos na rua. Olhei pela janela e vi uma mulher que estava deitada no chão e havia levado uma pancada no rosto do que possivelmente era um facão", disse uma testemunha à rádio Europa 1. "Eu vi um segundo vizinho no chão e fui ajudar", acrescentou.

As autoridades locais pediram às pessoas que evitassem a área e disseram que uma operação policial estava em andamento em um distrito no nordeste de Paris. O vice-prefeito, Emmanuel Gregoire, tuitou que a polícia estava em busca de um indivíduo "potencialmente perigoso". O metrô de Paris fechou linhas na área.

Charlie Hebdo

No último dia 2 de setembro, 14 pessoas foram a julgamento em Paris, acusadas de serem cúmplices do ataque às instalações do jornal Charlie Hebdo em janeiro de 2015, que matou 12 pessoas.

O tribunal ouviu que o grupo havia tentado vingar o profeta Maomé, quase uma década depois de a revista publicar desenhos que satirizavam o líder religioso.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO