Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Às vésperas da Páscoa, governo pede explicações ou retirada do Kinder Ovo das prateleiras

Empresa deve prestar esclarecimentos sobre segurança do produto, após contaminações por salmonela registradas na Europa

O Liberal

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), notificou a fabricante Ferrero do Brasil para que formalize o recall do chocolate Kinder ou apresente esclarecimentos sobre a segurança do produto. Foi estipulado um prazo de 72 horas, a partir do recebimento da notificação, para que a empresa tome as medidas determinadas. As informações são da Agência Brasil.

VEJA MAIS

Desespero: criança é envenenada após comer ovo Kinder
Fabricante é investigada por surto de salmonela provocado por chocolates da marca

Na semana passada, foram detectados na Europa dezenas de casos de contaminação por salmonela, doença bacteriana que atinge o intestino e pode causar gastroenterite e sintomas como diarreia, cólicas estomacais e, às vezes, vômitos e febre.

As suspeitas do foco de contaminação são de produtos fabricados na Bélgica, o que levou à sua retirada dos mercados por parte do fabricante Ferrero. Foi solicitado ainda, pela empresa, a devolução dos produtos Kinder produzidos nas fábricas de Arlon, na Bélgica, os quais eram comercializados na França, na Bélgica, no Reino Unido, na Irlanda do Norte, na Alemanha e na Suécia.

Em nota enviada à Agência Brasil, a Ferrero Brasil disse não ter recebido ainda qualquer notificação oficial da Senacon sobre possíveis esclarecimentos em relação a episódios de intoxicação em produtos da Kinder Europa e que soube do caso pela imprensa.

A empresa diz também que entrou em contato voluntariamente com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), esclarecendo os fatos e colocando-se à disposição para quaisquer informações adicionais. “A Ferrero reitera que o recall voluntário que vem sendo realizado em outros países refere-se apenas a produtos das linhas Kinder Surprise, Kinder Mini Eggs, Kinder Surprise Maxi 100g e Kinder Schokobons fabricados em Arlon, Bélgica. Estes produtos não são vendidos pela Ferrero no Brasil, portanto não há que se falar em retirada destes itens do país", diz a nota.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO