Após perseguição a 115km/h, motorista se justifica: 'Muita vontade de fazer cocô'

Situação aconteceu em Oklahoma, nos Estados Unidos

Com informações do Extra

A polícia de Oklahoma, nos Estados Unidos, recebeu uma justificativa no mínimo inusitada de uma motorista que trafegava a 115km/h em perímetro urbano na última terça-feira (15). Ao ser abordada pelos policiais após uma perseguição, a condutora afirmou que o excesso de velocidade era porque ela estava "com muita vontade de fazer cocô". O caso aconteceu na cidade de Enid.

Após a justificativa, os policiais, durante buscas, identificaram que Emily não tinha carteira de identidade e apresentou apenas um cartão para a retirada de maconha medicinal. Ao acessar o sistema de controle, entretanto, um dos oficiais descobriu que a carteira de motorista da americana havia sido revogada. Eles ainda encontraram metanfetamina e material para consumo de droga no carro de Emily.

Impedida de seguir viagem, a motorista perguntou se poderia ir em sua casa fazer cocô. Ao receber a negativa dos policiais e ser presa, ela fez um novo questionamento. "Posso fazer cocô no seu carro?". A emissora Kark, que relatou a história, não detalhou o final da situação. 

Emily seguiu para a delegacia e foi presa. 

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!