Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ambientalista brinca de luta com leoas e elas o matam

Vítima cuidava das felinas desde filhotes; animais já haviam matado um funcionário

Redação Integrada com informações do Extra

O ambientalista West Mathewson, de 68 anos, cuidava de duas leoas albinas desde que eram filhotes, mas, nessa quinta-feira, 27, elas o mataram. A tragédia aconteceu nas proximidades da reserva nacional de Kruger, na África do Sul.

West brincava de luta com as felinas, chamadas Demi e Tanner, mas uma delas, que pode ter se sentido ameaçada, passou da brincadeira para um ataque, comportamento que foi seguido pela outra leoa.

A vítima foi levada a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Os animais já haviam se envolvido, em 2017, em um incidente trágico, que levou à morte um funcionário da fazenda de Mathewson, nas proximidades da reserva nacional de Kruger (África do Sul).

Mesmo com a tragédia, o ambientalista manteve os animais na propriedade, acreditando que eles não o atacariam, segundo o jornal "Sun".

Um porta-voz da fazenda disse que as leoas não serão sacrificadas, porque "West amava esses felinos como amava os seus filhos. Foi um trágico acidente", afirmou.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO