Série C: presidentes dos clubes farão carta à CBF; gestor do Remo explica plano emergencial  

Fábio Bentes explica reunião entre os clubes da Terceira Divisão 

Redação Integrada

Foi realizada uma reunião remota, sem a presença física, com presidentes de vários clubes da Série C do Campeonato Brasileiro. Na competição, os representantes do Pará são Clube do Remo e Paysandu. 

O presidente azulino, Fábio Bentes, explicou que as agremiações estão se mobilizando para a criação de um plano emergencial que será apresentado à CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A ideia é ter uma espécie de sobrevida financeira em meio a esse período sem jogos oficiais - em função da pandemia do novo coronavírus. Os clubes divulgarão uma carta nos próximos dias. Provavelmente, pedirão repasse de recursos da entidade máxima do futebol brasileiro. 

Fábio Bentes contextualizou o assunto em áudio divulgado pelo Clube do Remo. "Iremos soltar uma carta até o início da próxima semana", informou Bentes. "Não tem receita fixa para fazer frente as essas despesas. Portanto, estamos elaborando um plano emergencial para apresentar a CBF para que se consiga minimamente pagar as folhas (salariais)", disse. O Leão liberou o elenco, sendo que mantém contratos normalmente e não dispensou nenhum atleta. O assunto deve ser individualizado. "Cada clube negocia com os seus", disse o gestor azulino. 

A Série C é uma competição mais deficitária do ponto de vista financeiro, se comparado as Séries B e A. Nas divisões acima, há cota de televisão que é uma quantia considerável.

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES