Remo: Negociação entre diretoria de futebol azulina e Mazola avança

Clube quer o treinador que possui um perfil de pulso forte

Redação Integrada

A busca por um novo treinador no Clube do Remo continua. O clube demitiu, na última sexta-feira (21), o treinador Rafael Jaques, após goleada sofrida para o Brusque-SC por 5 a 1 e a consequente eliminação da Copa do Brasil. A diretoria segue negociando com Mazola Júnior e a negociação pode ser concluída a qualquer momento.

O clube não perdeu tempo e foi ao mercado. Após a diretoria definir o perfil do novo comandante, o Leão foi atrás do técnico Mazola, que se encaixa na expectativa azulina, que é ter um treinador vibrante, de pulso forte e experiente visando a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. Segundo fontes dentro do clube, as tratativas com o técnico avançaram bastante e partiram para a fase de conclusão, porém não existe uma data para fechar o negócio.

Caso feche, Mazola iria lidar com a terceira passagem pelo futebol paraense. As duas anteriores foram pelo Paysandu e na mesma temporada (2014), ano em que levou o rival azulino ao acesso à Série B.

Como não há definição, o elenco remista será recebido na próxima segunda-feira (24) pelo coordenador de futebol, João Neto (Netão), que já foi treinador azulino em 2018 e no início de 2019. O Remo ocupa a terceira posição no Campeonato Paraense 2020, tendo a mesma pontuação do líder (Paysandu e vice-líder Castanhal), perdendo no saldo de gols. O próximo compromisso dos azulinos é no dia 1º de março, contra o Carajás, às 10h, no Baenão, pela 6ª rodada do Parazão. A partida terá transmissão lance a lance pelo OLiberal.com.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES