CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Presidente do Remo registra ocorrência sobre ameaças e Condel cancela reunião; vídeo

O presidente Antônio Carlos Teixeira alega que as ameaças de torcedores põe em risco a integridade dele e de familiares

Luiz Guilherme Ramos
fonte

A situação nos bastidores do Remo anda cada vez mais preocupante e coloca em risco o futuro do futebol azulino, que anda patinando nas competições oficiais de 2024. Depois que um grupo de torcedores fez protestos na frente do estádio remista, com cartazes que continham o tom de ameaças de morte, o presidente do clube registrou um boletim de ocorrência por ameaças e, devido a isso, o presidente do Condel, Fábio Bentes, cancelou a reunião do Conselho Deliberativo, marcada para a noite desta segunda-feira (27), na sede social do clube. 

WhatsApp: saiba tudo sobre o Remo

De acordo com um conselheiro presente na sede do clube, o motivo do cancelamento por parte do Condel foi a "falta de segurança" dos dirigentes, fato que levou os dirigentes a registrarem a ocorrência, pegando os conselheiros de surpresa, sendo eles avisados do cancelamento duas horas antes do horário marcado. No interior da sede, inclusive, foi colocada uma viatura da Polícia Militar, diferente dos protestos da última segunda (20), quando a PM ficou posicionada em frente à sede. 

image Documento que informa o registro do Boletim de Ocorrência feito pelo presidente do Remo, Antônio Carlos Teixeira. (Divulgação)

 

No documento divulgado, o presidente Tonhão esclarece, com respaldo do Departamento Jurídico, que tomou medidas judiciais "acerca das ameaças que o quadro de dirigentes do Remo vêm sofrendo nas redes sociais". No documento fica explícito também que o clube acompanha as autoridades na investigação dos fatos "com o intuito único e exclusivo de proteger a integridade física dos dirigentes do clube e seus familiares". 

Conselheiros se unem para questionar decisão

O cancelamento repentino da reunião com os conselheiros do clube não foi bem recebida pela outra parte interessada. Diante da decisão, membros do Condel se reuniram no interior da sede e usaram um sistema de som para questionar as medidas, bem como cobrar mais transparência da atual presidência do clube, comandada por Antônio Carlos Teixeira, o Tonhão, bem como explicações para o fracasso do time na Série C do Campeonato Brasileiro. O Remo é o 14º na tabela classificatória, com apenas uma vitória, um empate e quatro derrotas. 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Remo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES