Ex-Remo, Edno recorre às redes sociais e faz novo desabafo: "Atleta não é objeto"

Atacante de 36 anos deixou o clube na madrugada da quinta-feira (18) sob alegação de quebra de acordo do Leão

Redação Integrada

A insatisfação, uma viagem na madrugada, notas de esclarecimento, farpas e, nesta sexta-feira (19), o "caso Edno" ganhou mais um tópico: o desabafo. Após deixar o Remo e provocar revolta na diretoria do clube, o atacante foi às redes sociais hoje e disparou que "atleta não é objeto". Veja abaixo!

O CASO

Edno foi contratado pelo Remo no dia 28 de março e teve, inclusive, apresentação especial, no Mangueirão, junto à torcida azulina. Tratado como grande estrela do time para a temporada, o atacante logo foi titular nas semifinais contra o Bragantino, mas não agradou à comissão ténica e caiu para a reserva no primeiro jogo da final do estadual. 

A insatisfação provocou tumulto na relação do atleta com o clube. Ontem, exatos 20 dias da estada do camisa 99 em Belém, ele viajou ainda na madrugada de volta a São Paulo sob reclamações de que o acordo envolvendo o auxílio moradia não estava sendo cumprido.

Além da saída, o atacante expôs o caso no mesmo Instagram e o presidente remista, Fábio Bentes convocou uma entrevista coletiva para rebater o motivo da saída do jogador. Veja abaixo alguns trechos da entrevista:

Fábio Bentes, ao centro, falou acompanhado dos diretores de futebol Dirson Neto e Paulo Mota Filho (Ivan Duarte / O Liberal)

Saída 
"Ontem a noite, recebi um contato através de duas pessoas: O Diego Bessa e Paulo Mota Filho, falando sobre o Edno. O jogador dizia que iria embora na madrugada para São Paulo porque eu não estava satisfeito aqui no Clube do Remo.

Eu também conhecimento tentei contato com jogador para conversar e entender o que estava acontecendo. Ele estava decidida a ir embora. Eu precisava ter uma definição para o acordo da rescisão contratual. Ele já estava em São Paulo e não estava treinando. O jogador concordou e soltamos a nota."

Surpresa
"Algum tempo depois, ele fez uma postagem numa rede social alegando uma série de motivos para não permanecer. 

Quero destacar que o atleta está há 20 dias no clube. Nós não temos nenhum débito com ele: não completou um mês. Não estamos atrasado."

Fábio Bentes tentou convencer o jogador a ficar (Oswaldo Forte / OLiberal)

Apartamento
"Eu não prometi arrumar casa, apartamento, prédio, auxílio moradia. Os jogadores se viram. Os outros 26 jogadores foram atrás do seu apartamento... Eu não vou ser babá de jogador pra ficar arrumando apartamento. Não sou corretor de imóveis. 

Ele demorou 20 dias pra ver o apartamento. E estava na Toca (do Leão). Se ele tivesse arrumado apartamento em três quatro cinco dias, ele teria ficado só esse prazo."  

Críticas 
"O Edno tomou uma atitude irresponsável. E essa atitude irresponsável só trouxe prejuízo pra ele e pra todo o grupo. Ele não foi leal, correto com os atletas que estavam com ele ali, com o grupo. Ele abandonou o barco nas vésperas da final. Não se preocupou com empregador dele. Ele estava parado, quando nós trouxemos ele pra cá porque a gente acreditava que ele podia voltar a jogar um grande futebol. Mas ele não se dedicou e foi embora. Não estava satisfeito muito provavelmente porque estava sendo utilizado nos treinos no time de baixo. O Emerson carioca está num momento melhor. (...) Não é atitude de homem."

Edno deu adeus com três jogos, sendo dois como titular (Divulgação/ Remo)

Situação contratual 
"Se não tiver contrato assinado com ele, não está registrado no Bid da CBF. O que estava sendo discutido alguns pontos, entre eles, o tempo de contrato: o atleta tinha interesse no tempo maior de contrato e o nosso interesse era em um contrato até o mês de outubro 

Quando ele chegou em Belém, ele me pediu um adiantamento: uma parte do último salário e eu combinei que adiantaria. Isso é praxe no futebol, para os atletas se organizarem na cidade. Estava na nossa programação a receita desse jogo daria do salário dele mas isso seria um adiantamento do último salário."

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!