Copa Verde: Bonamigo reclama do VAR e lamenta derrota: 'O Remo não merecia perder'

Treinador falou do gol anulado pelo VAR e lamentou que o Remo tenha levado gol de bola parada

Fabio Will

A derrota de virada para o Brasiliense-DF, por 2 a 1, pelo primeiro jogo da grande final da Copa Verde 2020 colocou o Remo em desvantagem na luta pelo título inédito da competição regional. A equipe paraense terá que vencer por dois gols de diferença, em Belém, para garantir a taça do torneio. O técnico azulino Paulo Bonamigo lamentou muito o gol tomado de bola parada e ficou na bronca com a arbitragem que comanda o VAR.

Bonamigo comentou em entrevista coletiva que o Remo não mereceu o revés diante do jacaré e lamentou que o VAR tenha falhado ao anular o gol do lateral direito Wellington Silva, já nos acréscimos da partida, marcando posição irregular do atleta azulino.

“Eu vi gol legal. Mas o VAR é justamente para criar a justiça do jogo, em um lance totalmente correto no meu ponto de vista. O último lance foi muito importante, até pela linha do VAR o Wellington Silva estava na mesma linha, temos que ter no segundo jogo uma postura de confiança pela desvantagem, fazer um jogo eficiente, qualificado, dentro de casa para conseguir o título”, disse.

DOR DE CABEÇA

O comandante não gostou nada de ter tomado gol em uma jogada de bola parada, jogada que é bastante exigida e treinada pelo elenco. Segundo Bonamigo o gol tomado em um momento de evolução do time atrapalhou a equipe.

“Tivemos em mais alguns momentos bem melhores que o Brasiliense, que teve uma proposta em termos de estratégia bem diferente da nossa, muito forte no reativo, jogando em cima do nosso erro. Nosso primeiro tempo tivemos chances de fazer mais gols, mas o adversário com jogadores muito fortes na frente, tivemos desatenção que nos custaram o empate. Já no segundo tempo, no melhor momento do Remo no jogo sofremos o gol na bola parada e decidiu a primeira parte da decisão. Assim com a bola parada definiu muitas vitórias nossas, hoje foi um detalhe em um jogo final e tomamos um gol. Temos que repensar, temos tomados muitos gols da mesma forma e isso nos entristece pois treinamos muito, mas é o detalhe que faz a diferença em grandes decisões, em um jogo em que o Remo não merecia perder”, falou.

EFICIÊNCIA

Bonamigo quer o Remo diferente no jogo de volta, principalmente em momentos decisivos e cobrou eficiência.

 “Justiça está relacionada diretamente com a eficiência. Nós tivemos mais posse de bola, mais chances de vencer o jogo, mas não tivemos a capacidade de definição. O adversário foi mais eficiente é isso que eu tenho que analisar”, finalizou.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES