Ex-Remo pede R$170 mil na justiça e é condenado a pagar R$8 mil ao advogado do clube

Jogador ganhou R$12 mil na justiça, porém foi condenado a pagar R$8 mil ao advogado André Serrão, representante do clube azulino

Redação Integrada

O atacante Ruan, que jogou pelo Paysandu e passou pelo Remo em 2018, entrou com uma reclamação trabalhista contra o Leão Azul pedindo R$172 mil, referentes a salários atrasados, 13º salário, multa rescisória e recolhimento de FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Porém, o departamento jurídico do Remo conseguiu provar que honrou parte do acordo. O desfecho para Ruan não foi o esperado, sendo que a justiça sentenciou o clube em apenas R$12 mil, ainda que o atleta tenha que pagar mais de R$8 mil ao advogado azulino de honorários advocatícios.

A informação foi confirmada pelo advogado do Remo, André Serrão, que explicou a situação envolvendo o pedido do atleta na justiça e a sentença dada pela juíza Cristiane Siqueira Rebelo, da 10ª Vara do Trabalho de Belém.

“O atleta ajuizou ação pedindo diversas parcelas que já estavam contempladas em um acordo na época do distrato. Ele perdeu quase tudo, ganhou somente R$12 mil e foi condenado a pagar R$8 mil de honorários”, disse.

Serrão afirma que a sentença segue o que foi acordado entre o jogador e o clube e que é necessário se respeitar o acordo firmado. “A sentença está correta na medida em que o atleta é pessoa com salário a 20 vezes o mínimo e que possui um bom grau de instrução, cercado por um bom staff de empresários e advogados especialistas, que firmou um acordo e esse acordo precisa ser respeitado”, finalizou.

Ruan foi contratado pelo Remo para atuar no Campeonato Brasileiro da Série C de 2018. O jogador veio com o aval do técnico Givanildo Oliveira, contudo, o técnico deixou o clube e uma série de contusões de Ruan o afastaram dos gramados. Com a camisa do Remo, o atacante atuou em apenas quatro partidas e não balançou as redes.  

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES