Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Atacante deixa o Remo, revela bastidores, cita premiação e nega que tenha pedido para sair

Jogador chegou ao Leão aos 15 anos e deixa o clube com quase 50 jogos disputados como profissional

Fabio Will / O Liberal

O atacante Wallace não faz mais parte do elenco do Remo. O jogador de 20 anos confirmou a O Liberal que deixou o clube azulino nesta terça-feira (30), após cumprir o seu contrato na íntegra com o Leão. Cria da base azulina, Wallace desmentiu que teria saído do Remo por opção própria.

Em conversa com a equipe de O Liberal, Wallace comentou sobre a sua saída do clube de coração, afirmou estar triste, mas sem mágoas de ninguém no Leão Azul.

“Eu cumpri o meu contrato até hoje, não fui procurado por ninguém, pelo menos para tratar de renovação, até para extensão de contrato. Agora eu não sei como vai ficar a minha carreira, quero descansar alguns dias. Não fica nenhuma mágoa, passei três anos profissionalmente no clube, estou lá desde 2015, fui artilheiro em todas as categorias. Gostaria de ficar, infelizmente as coisas não são como queremos, mas saio de cabeça erguida”, disse.

Carinho pelo Remo

O jogador agradeceu ao Remo e a diretoria por ter realizado o sonho de se tornar profissional e falou do carinho que possui pelo Leão.

“Tive altos e baixos dentro do clube, passei dificuldades desde a base, mas sempre lutei pelo meu espaço, sem passar por cima de ninguém. Agradeço aos funcionários, diretoria, que esteve ao meu lado, tenho um carinho enorme pelo Remo e pelas pessoas que fazem o clube, como as meninas da cozinha, portaria, o staff, só agradecer por tudo. Minha carreira não acaba aqui”, falou.

Passagem pelo Palmeiras

Em 2018 Wallace foi emprestado ao Palmeiras-SP, após se destacar na Copa São Paulo pelo Remo. O jogador explicou que o clube queria pagar dívidas e que ele seria uma moeda de troca, porém, o Palmeiras queria um vínculo maior e o Remo, na gestão de Manoel Ribeiro, não aceitou.

“O Remo passava por um momento ruim, tinha disputado uma Copa São Paulo, despertou interesse de alguns clubes e o Palmeiras foi um deles. O Remo não queria me liberar, entramos em um acordo que acabei indo, passei três meses, mas o Palmeiras queria um empréstimo igual ao do Hélio Borges, com um tempo maior e o Remo queria um valor para ser dessa forma, acabou que eu tive que retornar a Belém”, disse.

Rebaixamento

Wallace afirmou que o clima dentro do clube estava tranquilo, que não entende os motivos do baixo rendimento da equipe nos últimos jogos e afirmou que os salários estão em dia, além de revelar o valor da premiação em caso de permanência.

“Estávamos confiantes na permanência do Remo na Série B. O clima estava bom, diretoria dando o apoio, nunca faltou nada. Infelizmente não foi como esperávamos, tínhamos acertado o valor de R$250 mil no início da temporada e agora na reta final mais R$250 mil, em caso de permanência”, finalizou.

Carreira

Em três anos de profissional, Wallace fez 46 partidas e marcou dez gols com a camisa azulina, além de ter feito parte do elenco azulino que subiu à Série B.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES