Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

VÍDEO: Há 19 anos, Paysandu vencia o Cruzeiro nos pênaltis e conquistava a Copa dos Campeões

Papão conquistou o título em Fortaleza (CE) e carimbou o passaporte para a disputa da Libertadores de 2003

Fábio Will / O Liberal

No dia 4 de agosto de 2002 o Paysandu conquistava no Estádio Castelão, em Fortaleza (CE), o seu maior título no futebol. O Papão da Curuzu venceu o Cruzeiro-MG pelo placar de 4 a 3 no tempo normal, derrotou os mineiros nas penalidades por 3 a 0 e ficou com a taça da Copa dos Campeões do Brasil.

O Papão perdeu o primeiro jogo da final em Belém para o Cruzeiro por 2 a 1. A equipe paraense precisava vencer por um gol de diferença para levar a disputa para os pênaltis. Vandick (três vezes) e Jobson marcaram para o Paysandu. Fábio Júnior (duas vezes) e Cris fizeram os gols do Cruzeiro.

Relembre momentos do Papão no torneio:

Paysandu

Nas penalidades os jogadores do Paysandu foram precisos nas cobranças. Jobson, Welber e Luís Fernando marcaram para o Papão, já pelo lado cruzeirense Ricardinho, Vander e Jussiê, desperdiçaram suas cobranças e o Bicolor paraense ficou com a taça.

Capa de O Liberal no dia seguinte à conquista bicolor (Arquivo / O Liberal)

A conquista de um título nacional enfrentando grandes clubes do país, rendeu ao Paysandu a tríplice coroa em 2002, quando conquistou três títulos na mesma temporada (Parazão, Copa Norte e Copa dos Campeões), de quebra, o clube paraense selou o passaporte para a disputa da Taça Libertadores da América, a primeira e única participação de um clube do Norte na maior competição da América do Sul.

Ficha técnica

Local: Castelão – Fortaleza (CE)

Data: 04.08.2002

Horário: 16h

Árbitro: Paulo César de Oliveira

Cartões amarelos: Fábio Júnior, Vander e Ricardinho (CRU); Jobson e Gino (PAY)

Gols: Fábio Júnior 9’/1T (CRU), Vandick 11’/1T (PAY), Vandick 22’/1T (PAY), Cris 39’/1T (CRU), Vandick 40’/1T (PAY); Fábio Júnior 3’/2T (CRU) e Jobson 12’/2T (PAY).

Cruzeiro: Jefferson; Maicon (Ruy), Cris, Luisão e Leandro; Augusto Recife, Ricardinho, Vander e Jorge Wagner (Jussiê); Joãozinho e Fábio Júnior. Técnico: Marco Aurélio.

Paysandu: Marcão; Marcos, Gino, Sérgio e Luís Fernando; Sandro Goiano, Rogerinho, Jobson e Welber;  Jajá (Vanderson) e Vandick (Albertinho). Técnico. Givanildo Oliveira.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES