Técnico do Paysandu não garante Ricardinho entre os titulares na estreia da Copa Verde 2022

Em entrevista exclusiva ao O Liberal, Márcio Fernandes falou sobre a preparação bicolor rumo ao tricampeonato e avaliou o uso de jovens na competição regional. 

Caio Maia
fonte

O Paysandu se prepara para a estreia na Copa Verde, que ocorre no próximo sábado (29), mas o técnico bicolor, Márcio Fernandes, ainda tem dúvidas para escalar a equipe. Uma delas está relacionada à presença do meia Ricardinho, recém-recuperado de lesão, no time titular.

Em entrevista exclusiva ao Núcleo de Esportes de O Liberal, o comandante do Papão disse que vai avaliar a parte física do atleta de forma mais profunda na próxima semana. O relatório obtido nos seguintes dias será determinante para definir a participação do jogador no primeiro jogo alviceleste na competição regional.

"O Ricardinho já treina normalmente conosco. Ficamos felizes com essa liberação do atleta, que recebeu alta médica e também já cumpriu todas as etapas na fisioterapia. Vamos aguardar a última semana de treinos para definir sobre a participação do atleta na estreia", disse Márcio.

Caso Ricardinho volte a equipe titular, a partida pela Copa Verde será a primeira do jogador em mais de seis meses. Em abril, durante o Parazão, o meia foi diagnosticado com uma lesão no Tendão de Aquiles do pé esquerdo. Para corrigir o problema, o atleta precisou ser operado e só foi liberado para os treinos nas últimas semanas.

Uso da base

O elenco bicolor para a Copa Verde terá a participação de vários jogadores das categorias de base do clube. Pelo menos sete atletas do sub-20 poderão ser utilizados no torneio regional. Questionado se a competição poderia ser um "teste" para a permanência de alguns jogadores para o Parazão, Márcio preferiu ser mais cauteloso. Segundo ele, é importante que jovens não pulem etapas de desenvolvimento.

"Nosso foco é a Copa Verde. Ainda é cedo para pensar em Parazão. Sempre gostei de trabalhar com jogadores jovens, até porque tenho experiência de trabalho de base. É muito importante para o clube formar e revelar novos valores, para que possam colaborar com a equipe e, quem sabe, no futuro, render bons frutos", avaliou o comandante.

Treinos e adversários

De acordo com Márcio, o período de treinamento que antecede a Copa Verde tem sido muito importante para que o elenco bicolor "vire a chave" da Série C. O fracasso na competição nacional ainda reverbera nos bastidores do Papão e o período de preparação antes da Copa Verde tem sido uma espécie de "repouso mental" para alguns atletas. O treinador bicolor espera que depois desse "retiro psicológico" o grupo volte mais forte em busca do tricampeonato regional.

"Até o dia da nossa estreia, a equipe vai ter tido no total mais de três semanas de treinos. Tem sido um período positivo e muito produtivo, temos aproveitado da melhor maneira possível para preparar a equipe. Apresentamos bons desempenhos ao longo da temporada inteira e vamos tentar manter o nível na Copa Verde, mas com ainda mais atenção e intensidade para buscar o título", finalizou.

Copa Verde

O Paysandu estreia na Copa Verde no sábado (29) contra o vencedor da partida entre Humaitá-AC e Náutico-RR. A partida ocorre na Curuzu, às 20h e terá transmissão Lance a Lance pelo Oliberal.com.
 

Paysandu
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES