Sem forças para reagir, Paysandu perde para o Ypiranga-RS e fica mais um ano na Série C

Time bicolor fez uma partida ruim contra o Ypiranga-RS

Nilson Cortinhas

O Paysandu ficará mais um ano na Série C do Campeonato Brasileiro. A equipe bicolor fez uma apresentação abaixo da crítica, perdeu por 1 a 0 para o Ypiranga-RS, no estádio Colosso da Lagoa, pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. E de fato, não mereceu o que seria a última vaga do grupo - a primeira há havia sido conquistada pelo Remo. Embora o time de Erechim tenha vencido, o Londrina conseguiu bater o Remo e ficou com a vaga na Série B. 

Primeiro Tempo 

No geral, é possível classificar o primeiro tempo como equilibrado. Com cenários favoráveis para os dois lados. O início do jogo foi do Ypiranga-RS. A equipe da casa avançou a marcação e jogou, até os 15 minutos, quase que exclusivamente no campo de ataque. No entanto, o time de Erechim não conseguiu criar uma chance clara de gol, já que os bicolores estavam bem posicionados. Os momentos de perigo se restringiram a bola aérea.  

Acompanhe o lance a lance

O problema da estratégia alviceleste esbarrava na pouca qualidade na saída de bola. Pelo meio, estava congestionado. Pela lateral, a insistência em Elielton não se mostrou algo frutífero. Com os gritos do treinador João Brigatti, aos poucos, o Papão evoluiu. A saída pela ala esquerda, com Bruno Collaço e Matheus Anderson, rendeu de forma mais satisfatória.

Tanto é que o lance mais perigoso surgiu do setor. Em cruzamento de Matheus Anderson, o goleiro Deivity espalmou para frente. A bola sobrou para PH, que chutou para fora. Foi o momento mais perigoso dos primeiros 45 minutos. O Ypiranga tentou responder com um lance de bola parada, finalizada por Caprini, sem sucesso.   

Segundo Tempo 

Aos dois minutos da etapa final, em lance veloz, Muriel cruzou para a área e Mossoró, dentro da área, bateu no canto, sem chances de defesa para Paulo Ricardo. O gol obrigava o Paysandu a sair para o jogo. 

No entanto, o time pouco teve forças para reagir e, embora Brigatti tenha colocado várias atletas de ataque, o Papão ficou mais exposto do que conseguiu sucesso ofensivo. Pouco criou e passou a impressão de que realmente não merecia o acesso. 

LEIA MAIS:

Treinador do Paysandu explica queda na Série C de forma enfática: 'Chegou no limite físico, técnico e tático'

 

 

FICHA TÉCNICA

Ypiranga-RS 1x0 Paysandu
Brasileirão Série C - 6ª rodada da fase quadrangular

Local: Colosso da Lagoa
Data e horário: sábado (16), às 17h
Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA/SP) e Daniel Paulo Ziolli (CBF/SP)
Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (CBF/RS)

Gols: Mossoró (2/2°T)
Cartões amarelos: Clayton (Ypiranga) e Wellington Reis (Paysandu)

Ypiranga-RS: Deivity; Muriel, Reinaldo, Luís Eduardo (Douglas) e Zé Mario; Tárik, Clayton e Mossoró (Quirino); Caprini (Leilson), Jean Silva (Revson) e Neto Pessoa (Cristiano). Técnico: Celso Teixeira.

Paysandu: Paulo Ricardo; Tony; Perema, Micael (Jefinho), Bruno Colaço; PH (Serginho), Wellington Reis, Juninho (Alex Maranhão); Mateus Anderson (Marlon), Elielton (Vitor Feijão) e Nicolas. Técnico: João Brigatti.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES