Paysandu: Justiça penhora parte de patrocínio para pagar dívida milionária do clube

A parceria com a companhia chegou na administração do ex-presidente Luiz Omar Pinheiro

Redação Integrada

O Paysandu sofreu um novo baque em termos financeiros. A equipe de esportes de O Liberal apurou que a Justiça penhorou 20% do patrocínio do clube com o Banpará, por causa da dívida bicolor com a empresa "Ingresso Fácil". A parceria com a companhia chegou na administração do ex-presidente Luiz Omar Pinheiro.

O Paysandu foi condenado em dezembro de 2020 a pagar R$1.100 milhão à empresa. Na ocasião, a justiça também determinou a penhora de 20% das rendas do clube alviceleste até que a dívida de R$1.167.000,00 seja quitada. 

A empresa “Ingresso Fácil” permaneceu no Paysandu nas administrações dos presidentes Luiz Omar Pinheiro, Vandick Lima e também Alberto Maia. A reportagem tentou contato com o advogado bicolor, Pablo Gonçalves, mas ainda não obteve resposta.

Por dívida, 20% do patrocínio do Paysandu foi penhorado (Reprodução)
Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES