Paysandu entra com representação na assembleia geral contra ex-presidente

A atual presidência afirma que uma das chapas das eleições deste ano está divulgando informações falsas sobre a marca Lobo

Redação Integrada

Os bastidores das eleições do Paysandu para o biênio 2021/2022 ganharam mais um capítulo nesta quinta-feira (6), quando a diretoria executiva do Paysandu entrou com representação disciplinar na assembleia geral do clube contra o ex-presidente, conselheiro nato e sócio Alberto Maia e o ex-presidente da Assembleia Geral e sócio Antônio Carlos Aido Maciel. 

Segundo o presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, estão sendo divulgadas informações mentirosas que estão afetando os negócios do clube. O que teria levado a atual presidência entrar com o pedido na assembleia geral do Paysandu foram divulgações de informações falsas sobre a Marca Lobo pela chapa 'Reconstruir com Transparência', que tem Antônio Maciel como candidato para a presidência do clube.  

Segundo o documento, a chapa tem feito várias postagens na rede social denegrindo a marca Lobo e questionando o material utilizado na confecção das peças de roupas para atingir a atual diretoria do clube, o que influenciaria nos negócios. 

"É direito de todo associado questionar a Diretoria Executiva sobre os assuntos relacionados ao clube, mas transformar esse direito em aparente campanha política, causando enormes prejuízos financeiros e de imagem ao próprio Clube, é extremamente perigoso, pois afeta diretamente um dos pilares de sustentação do Paysandu. Por todo o exposto ao norte, requer seja recebido a presente representação, face as condutas acima apontas guardarem correlação com a antecipação do pleito eleitoral (art. 51, II, b c/c art. 59 - Estatuto Social do PSC), o que seria da alçada de atuação dessa Assembleia, com a devida aplicação de penalidade disciplinar aos representados de acordo com os ditames do Estatuto Social do PSC", conclui o documento assinado pelo presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul. 

A reportagem entrou em contato com a assessoria da chapa 'Reconstruir com Transparência', que respondeu o seguinte: "A chapa não foi notificada oficialmente sobre a representação disciplinar. Só vamos poder nos manifestar quando formos notificados".

 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES