Com virada relâmpago, Paysandu goleia o Itupiranga e se consolida como o líder do Parazão; assista

Jogo foi válido pela 10º e última rodada da fase classificatória do Parazão

Redação Integrada

O Paysandu confirmou a liderança da classificação geral da primeira fase do Campeonato Paraense 2020, obter uma vitória por 4 a 1 contra o Itupiranga, em jogo válido pela 10º e última rodada da fase classificatória do Campeonato Paraense 2020. Os gols foram de Quadrado para o Itupiranga, além de Wesley Matos (duas vezes), Mateus Anderson e Vinícius Leite para o Papão.

O resultado elimina o time do atacante Quadrado e do treinador Wando da competição. Já o Papão aguarda a definição da rodada para observar quem será o quarto colocado, que enfrentará nos dias 12 e 19 de agosto, em partidas pelas semifinais do campeonato. 

Acompanhe o lance a lance

Primeiro tempo

Com pelos menos quatro atletas reservas, de fato, o Paysandu não teve intensidade, que é uma das características do trabalho do treinador Hélio dos Anjos. E se não bastasse, ainda apresentou falhas sequenciais no miolo de defesa e no setor de meio-campo. Os erros deixaram o goleiro Gabriel Leite exposto em vários momentos.    

Os primeiros 10 minutos retrataram um ousado Itupiranga e um desorganizado Paysandu. Explorando a velocidade de Guga e Quadrado, o treinador Wando ‘tirou da cartola’ uma estratégia bem-sucedida. Pelo menos, num primeiro momento.

Rapidamente, as oportunidades foram surgindo fruto, principalmente, de um distanciamento entre os setores de defesa e meio-campo bicolores. Guga foi assistido e no, mano a mano com o goleiro bicolor, finalizou de forma equivocada. Gabriel abafou o atacante adversário.  

Apenas aos 17, embora ainda sem inspiração, o Papão pôs a bola no chão e tentou se organizar. Mateus Anderson era um dos mais lúcidos, mas, ao receber assistência de Nicolas, foi desarmado no momento da conclusão. Um minuto depois, um lance rápido terminou com a cabeçada de Caíque Oliveira no travessão.

 

O Itupiranga viria assustar, novamente, com Guga, aos 22. Ele errou a finalização.

Aos 25, impaciente, o treinador Hélio dos Anjos cobrou uma participação mais efetiva de referências da equipe. Entre elas, o velocista Vinícius Leite. Aos 31, Vinícius se movimentou, recebeu a bola na frente, contudo, passou atrás de Nicolas. O artilheiro tentou um ‘golpe’ na bola. Não deu certo.

Aos 37, o golpe seria do time do interior paraense. Aproveitando as sucessivas falhas do sistema defensivo, o atacante Guga colocou na frente e ganhou na velocidade de Wesley Matos e Perema. O goleiro Gabriel Leite teve que intervir e levou a melhor apenas parcialmente. A bola caiu nos pés de Quadrado. O algoz bicolor encobriu o goleiro e o zagueiro Perema e a bola teve como destino o canto direito da meta defendida por Gabriel Leite. 1 a 0.

Quadrado marcou o primeiro gol da partida (Cláudio Pinheiro)

Segundo Tempo

Na etapa final, Hélio dos Anjos foi quem resolveu apostar. Tirou o improdutivo volante Serginho e colocou o atacante Erik Bessa. A intenção era sufocar os rivais em busca do empate. Fez várias substituições para acrescentar qualidade. Os primeiros minutos do segundo tempo ainda foram de adaptações ao esquema. O Papão seguia errando passes e, sem infiltração, frequentemente, iniciava os lances com o goleiro Gabriel Leite.

Diante do cenário inicial dos últimos 45 minutos, o gol de empate só sairia por meio de um lance de bola parada. O cruzamento de Vinícius Leite terminou com duas conclusões de Wesley Matos. A segunda foi perfeita, aos sete minutos. Ninguém pode negar a confiança que um lance bem-sucedido gera. Apenas um minuto depois, Nicolas deu uma assistência perfeita, de cabeça, para Mateus Anderson chutar forte, de primeira, e virar o placar a favor dos bicolores.  

Mateus Anderson marcou o segundo golem dois gols com a camisa bicolor (Cláudio Pinheiro)

Nos demais momentos, o Paysandu evoluiu no aspecto técnico e tático e o goleiro Gabriel leite virou quase um telespectador da partida.

A equipe bicolor acertou passes objetivos e o jogo, enfim, fluiu. Além disso, Hélio dos Anjos confundiu a marcação adversária com a entrada do velocista Erik Bessa, em dobradinha, com Vinícius Leite. Foram construídas chances de gol. Elielton cruzou para Uilliam Barros parar na defesa de Pezão. O placar foi ampliado com um gol de Wesley Matos, após escanteio, aos 48 minutos. Aos 51, Vinícius Leite bateu bola cruzada, sendo que Caíque Oliveira e zagueiro Keven atrapalharam a visão de Pezão que viu a bola parar no fundo do gol. 

Ficha Técnica

Itupiranga – Pezão, Ivanílson, Keven, Bruno e Jairinho; Tácio (Cearazinho), Kawuê, Caíque (Kawuê), Doki (Carlos Daniel); Quadrado e Guga (Mateus Beiço); Treinador Wando

Paysandu: Gabriel Leite, Netinho, Perema, Wesley Matos e Diego Matos (Bruno Collaço); Caíque Oliveira, Serginho (Erik Bessa), Alan Calbergue (Victor Diniz) e Mateus Anderson (Elielton); Vinícius Leite e Nicolas (Uilliam Barros). Treinador: Hélio dos Anjos

Local: Estádio Mangueirão

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso

Assistentes: José Ricardo Guimarães Coimbra e Manoel Ferreira do Amaral Júnior

Quarto árbitro: Joelson Silva dos Santos

Cartões amarelos: Keven, Raimundo (Itu); Bessa, Bruno Collaço (PSC)

Gols: Quadrado (37 minutos do primeiro tempo), Wesley Matos (7 minutos do segundo tempo e 48 minutos), Mateus Anderson (oito minutos do segundo tempo) e Vinícius Leite (51 minutos do segundo tempo)

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES